Passeios pedagógicos

Estudo do meio: Zoológico de São Paulo
São Paulo - 20/03/2013

Mais um passeio "Estudo do meio" dessa vez fomos ao Zoo de São Paulo, os alunos se esforçaram para levantar informações para responder o nosso questionário sobre o local.













************************************************************
Museu do Futebol
São Paulo- 29/05/2012

Os alunos do Amorim foram ao Museu do Futebol essa semana, não é preciso dizer (quem não conhece não sabe o que está perdendo!) que os alunos curtiram e muito. É uma pena que não dá para tirar fotos dentro do museu.
















*******************************************************************
Exposição: Arte Sacra:
Barroco e diversidade no Acervo Carmelita
Exposição inaugurada em agosto/2011, conta com a curadoria da Danielle M. Pereira e da Carla Vieira com a consultoria de Percival Tirapelli. Além da exposição ao longo do ano acontecerão palestras relacionadas ao tema.
Fiz a minha contribuição com Os enterramentos nas igrejas no século XIX









**************************************************************
Apesar de não ter levado meus queridos alunos considero sim a visita a exposição Oratórios Barrocos no Museu de Arte Sacra de São Paulo uma visita bem pedagógica. De quebra com a curadoria de Percival Tirapeli.
Fica a dica para uma visita:










**********************************************************************


Visita ao Museu Afro 17/05/2011

Caros leitores,

Eu e a profª Marlene (Artes), estivemos em visita ao Museu Afro com a ideia de seguir os roteiros que abordassem a Africa, a religião e a chegada dos negros no Brasil. A visita foi ótima e depois programamos uma atividade pedagogica após a visita.

A turma reunida perto do lago dos patos

Estava vendo a hora do banco tombar com os meninos

No Museu Afro durante a dinâmica

Em frente a obra de Caribé

Vendo as máscaras africanas

E o Sidney ao fundo passando mal...

O trabalho escrvao no Brasil

Todos os aspectos dessa vida tão sofrida
*************************************

Caros leitores,
Ontem eu e a profª Janaina estivemos no SESC Pompeia com alguns alunos do Righini para visitar a exposição fotográfica "Mãe de Umbigo - Parteiras da Amazonia."
Exposição que retrata o cotidiano das parteiras tradicionais da região da floresta Amazônica brasileira (estados do Amapá, Acre e Pará) e convida a uma jornada íntima através de realidade pouco conhecida por todos nós.
O projeto, realizado entre 2000 e 2005 pela fotógrafa e cineasta independente Stephanie Pommez, reúne um ensaio com 54 fotos e um documentário produzido em parceria com a National Geographic Channels (Baby catchers of the Amazon). As imagens mostram momentos da vida dessas mulheres ribeirinhas, que moram em comunidades nas margens das centenas de rios e igarapés da Bacia Amazônica e que guardam a vida, os costumes e a cultura desta região.
Munidas de solidariedade, coragem e fé, estas parteiras da Amazônia vem “pegando” meninos, termo com que descrevem o trabalho do parto, há gerações. Algumas delas começaram sua jornada de parteiras por acaso, ao assistir partos de conhecidas; outras foram iniciadas por parteiras mais velhas da própria família, suas mães, tias, avós. Para além do acaso e do conhecimento, para elas o verdadeiro pré-requisito deste ofício é possuir o que descrevem como um “dom de Deus”.
Ao tratar da questão da gravidez e parto em um contexto cultural tão diverso do das grandes cidades, o que se pretende é apresentar a maneira como as pessoas daquela realidade vivenciam esse momento universal da existência humana.
Os alunos aproveitaram bastante a visita até por que antes de iniciar a visit ficamos com eles na sala de leitura e jogos.
Como parte do projeto eles farão um relatorio principalmente por abordar questões de saúde para a profª Janaina que leciona ciencias para eles.
Abaixo as fotos da visita.
(Clique nas fotos para ampliar)

A recepção dos alunos no SESC 

Todas as orientações sobre como proceder ao longo da visita

Aguardando o horário da visita na sala de leitura

Livros a disposição da criançada

Antes de iniciar a visita uma dinâmica......

....sobre a associação de imagens dentro da exposição 

                                         A disposição da exposição....

A educadora Ana Karina orientando os alunos

A dinâmica da imagem que melhor representa a exposição....

                                         .....a escolha não pode ser melhor...

Fonte escrita sobre a exposição:

******************************************************

Caros leitores,

Quando você usa o termo passeio junto ao aluno ele automaticamente acredita que o "passeio" é um momento de lazer fora da escola, ele não associa essa saída a um momento de aprendizado. Então o que podemos fazer para lidar com essa situação?
Bom o melhor é abordar junto com os alunos que o "passeio" é pedagógico e a ida a algum lugar significa o aprendizado in loco, por isso, trabalhe antes em sala de aula sobre o local da visita, use textos, apresentações e fotos e mostre a importância da visita. No dia da visita lembre o aluno que ele está tendo uma aula fora da escola e que ele deve prestar a atenção e anotar o que acha necessário. Após a visita como uma forma de atividade peça aos alunos um relatorio onde ele responda algumas questões propostas durante a visita.
Mãos a obra!
Profª Viviane

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não será permitido comentários ofensivos.