Memoria Viva

Caros leitores,

Continuando o projeto Memoria Viva que renderá até o fim do ano bons frutos - aguardem!- a tarefa de férias da criançada foi registrar momentos que mais marcaram durante as férias de julho. O objetivo é fazer com que o aluno perceba que ele é um sujeito histórico e ele produz os seus documentos históricos. O resultado abaixo:






*****************************************************
Caros leitores,

Inspirada por uma visita ao site Museu da Pessoa e um projeto feito por eles, este ano decidi montar o projeto Memoria Viva. A idéia é que os alunos trabalhem com o conceito de memória e história.O projeto já está com a primeira fase concluida, propus um exercicio com eles onde eles deveriam pensar em alguma passagem da sua vida que mais marcou para ilustrar esse texto os alunos fizeram um desenho livre sobre o tema.


6º ano A:


 
“Eu estava em Fortaleza passando minhas férias e no hotel que eu fiquei tinha uma piscina que ficava perto da praia (...) A praia que eu fiquei chamava praia do futuro, areia branca e água transparente ” Beatriz

“Da primeira vez que eu fui ao Hopi Hari. Era um dia ensolarado e chegamos cedo (...).Quando entrei no parque fiquei fascinada com os brinquedos que vi. O primeiro brinquedo que eu fui foi o Kastel di lendas. ” Gabrielle

“Quando eu tinha uns 6 anos fui para a praia com minha mãe, minhas tias e minha prima(...) Foi muito divertido brinquei bastante e também engoli muita água salgada, foi legal viajar para a praia, mas não foi legal engoli água salgada e também não foi legal ir embora (...)” Kauana


“A viagem para João Pessoa (...)Conhecemos vários lugares mas o que marcou a minha mente foi conhecer a ONG que cuida da reabilitação das tartarugas marinhas e o encontro do rio com o mar” Marcelo




“Nas Férias de janeiros fui para a praia com meus pais me diverti muito (...). Fui passear no aquário eu vi muitos tipos de peixes, tinha até um tubarão (...)” Matheo Turatti

“Em um dia de chuva brincando de pega pega com meus colegas na escola e acabei batendo a cabeça em um ferro não doeu mas cortou e sangrou” Pedro Bernardes

“Do meu primeiro tombo de skate ( ...) Ralei os dois cotovelos e quase perdi um dente!” Pedro Henrique


“Foi bem legal quando eu fui na praia, mais legal ainda quando eu fui no parque de diversão na praia ”Sarah

“Quando pequeno ganhei do meu pai um cachorro enorme de pelúcia eu gostava tanto dele que eu até dormia nele” Uesile

6ºB

Na festa da escola estava correndo com uma vuvuzela, quando subi a escada e tropecei a vuvuzela entrou na minha garganta (...) Fiquei dois dias comendo sopa e tomando remédio (...) Guilherme


Brincando de esconde esconde  (...) tropecei e bati a cabeça no ferro e começou a sangrar (...)levei 4 pontos na cabeça(...) Illgner


De quando eu fiz uma viagem para os Estados Unidos(...)Todos os dias nós íamos a um parque e teve dois parques que eu gostei muito porque teve um que era um show nas águas e o outro um show de fogos foi muito lindo(...). Julia
Quando fui para a Bahia de ônibus passei um dia inteiro na estrada (...). Leonardo Bezerra





Jogando bola na quadra do prédio do meu amigo defendi uma bola chutada por ele, o chão tava molhado e cai em cima do braço.Quebrei o pulso esquerdo.(...)passei o meu aniversário com o braço engessado. (...) Sergio
“Brincando de esconde esconde no aniversário do meu primo (...)quando fui me esconder me acharam eu fui correndo e subi do muro, eu fui pular meu pé enroscou e eu cai lá de cima, sorte que o muro não é muito alto(...) Lucas Thauan