quinta-feira, 18 de agosto de 2011

SIMPOSIO TRABALHADORES E A PRODUÇÃO SOCIAL

SIMPÓSIO TRABALHADORES E A PRODUÇÃO SOCIAL
CEMOP  -  Sumaré/SP  -  de 19 a 21 de Agosto

O tema do Controle Social da Produção pelos trabalhadores é bastante amplo. Remete-nos a pensar sobre formas efetivas e de conjunto para a superação da sociedade vigente, baseada na prevalência da propriedade e controle privados do capital sobre os meios de produção, de circulação e de reprodução sociais (dos mais básicos como a terra aos mais complexos como a indústria, a ciência, a tecnologia, os meios de comunicação de massa, etc.). E, deste modo, também nos coloca o problema de repensar as esferas de decisão e organização da sociedade, em cada local, mas também nas esferas centrais, relacionadas ao Estado e seus atuais controladores, frente às necessidades dos trabalhadores. E nos leva também a refletir sobre as inúmeras experiências de trabalhadores que mundo a fora se colocam esta questão na prática, tanto se apropriando dos espaços de decisão existentes como criando novas formas de organizá-los.
Na Venezuela, conselhos de trabalhadores e de fábricas ocupadas disputam palmo a palmo com a burocracia estatal, o controle sobre os rumos da produção industrial. No Brasil, o MST trava uma longa e difícil luta pelo controle sobre a terra e seu destino contra latifundiários e o agronegócio. Fábricas ocupadas no Brasil como a Flaskô, bem como a IMPA e a Zanon na Argentina, e tantos outros exemplos na América Latina, também travaram e seguem travando a luta contra setores capitalistas e os governos. Lembremo-nos de Oaxaca, no México, onde há alguns anos, foram os professores que comandaram a luta pelo controle comunal da cidade, nos remetendo a Paris de 1871. Até mesmo nos EUA, os trabalhadores da Republic Windows & Doors, em sua maioria latinoamericanos, ocuparam a fábrica em 2008, no estourar da crise, e passaram a controlá-la para evitar seu fechamento.
São vários os exemplos de lutas e movimentos sociais que se colocaram e se colocam a questão do controle social sobre o funcionamento da sociedade desde seu local, e de acordo com as necessidades dos trabalhadores. Mas há também amplo debate sobre as dificuldades que impedem o avanço e a generalização destas experiências em cada país. O que por sua vez nos remete às discussões acerca da reação das classes dominantes e do aparato de Estado sobre tais iniciativas, mas também relativas aos dilemas vividos pelas próprias organizações políticas, sindicais e movimentos sociais, bem como suas relações com os trabalhadores, o Estado e os governos. Há inúmeros estudos realizados e em andamento sobre estes diversos temas e aspectos, bem como sobre as características, potencialidades, limites, necessidades e perspectivas das experiências dos trabalhadores neste campo. Reunir parte importante destas contribuições, para a reflexão coletiva, é o objetivo deste I Simpósio “Trabalhadores e a Produção Social”.
Estão todos (as) convidados (as) a participar!

Exposição Oratórios Barrocos - Arte Sacra

Evento Casa das Rosas: Histórias de Macunaíma

Fórum Internacional de Discussão sobre a Identidade e a Diversidade Cultural Brasileira - 2011

Fórum Internacional de Discussão sobre a Identidade e a Diversidade Cultural Brasileira - 2011 22/8/2011 – segunda – IFT – 4º. andar
Tema: Tradições Orais e Materialidade na Cultura Paulista
Mediador: Prof. Dr. Alberto T. Ikeda

9 hs
Inscrição para as palestras, no hall do IFT/UNESP.
10 hs
Abertura – Prof. Dr. Mario F. Bolognesi – Vice-diretor da Unidade – IA/UNESP
10:30 hs
Prof. Dr. Achille Picchi (Departamento de Música/IA/UNESP) e Anna Maria Kieffer (pesquisadora)
Vozes de São Paulo: memória musical e integração em comunidade de imigrantes.

ALMOÇO – 12 às 13 horas

13 hs
Profa. Dra. Suzel Ana Reily – School of History and Anthropology
Queen`s University Belfast
Identidades encantadas e a diversidade musical no catolicismo popular do sudeste.
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 2
14 hs
Palestrante Jean Paulo Silvestre do Nascimento – Presidente da Irmandade da Nossa Senhora dos Homens Pretos.
Igreja Nossa Senhora dos Homens Pretos –
localizada no centro de São Paulo, um grupo de mulheres se reúnem há 200 anos para suas orações. Elas possuem relatos de como a irmandade se manteve nestes dois séculos e que ainda hoje o fazem nos moldes tradicionais.
15 hs
Profa. Dra. Neide Rodrigues Gomes – Vice-presidente da Comissão Paulista de Folclore e Presidente do Ponto de Cultura "Hora Viva São Gonçalo’
Império do Divino: festa, comensalidade e devoção – nesta festa há a reprodução oral dos relatos dos portugueses que iniciaram esta festa, na cidade de São Paulo e de como preservam a culinária característica.

16 hs
Prof. Marcelo Traldi Fonseca – SENAC SP
Culinária Paulista: um percurso a ser entendido.

17 hs
Contação de histórias com a Cia Farnel de Artes - Seres Fantásticos do Imaginário Brasileiro
Direção musical e composição: Paulo César Cardozo de Miranda
Direção, contação de história, manipulação de objetos: Regina Adayr Arruda
Programação paralela – às 18 horas – hall 1º. Andar IA/UNESP
a) Lançamento de livros de convidados e palestrantes
b) Exposição de arte do artista plástico A.Ramos Pinto e Andrei Monteiro

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 3
23/8/2011 – a partir das 9 horas – terça - IFT
Tema: Arte Contemporânea
Mediação: Oscar D`Ambrósio

8 hs – Inscrição para as palestras, no hall do IFT.

9 hs - Abertura
Prof. Dr. Iulo Brandão – Centro de Lógica da UNICAMP
Arte Contemporânea

10 hs
Lilian Tone – curadora do MoMA –
The Museum of Modern Art – N. York/EUA (Departamento de pintura e escultura)
Exercícios de curadoria: uma experiência institucional americana

11 hs
Prof. Dr. Sergio Romagnolo – Departamento de Artes Plásticas – IA/UNESP
Séries recentes: discussão sobre o discurso plástico
Almoço das 12 às 13h

13hs
Prof. Dr. Norberto Stori – UNESP e Mackenzie
Em busca de uma poética da cor e da luz

14 hs
Prof. Dr. Milton T. Sogabe – Departamento de Artes Plásticas – IA/UNESP
Gerações da Arte-tecnologia no Brasil
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 4
15 hs
Profa. Dra. Rosângella Leote – Departamento de Artes Plásticas – IA/UNESP
Identidade da obra de arte de natureza convergente

16 hs
Prof. Dr. Omar Khouri – Departamento de Artes Plásticas - IA/UNESP
Artes Visuais, Poesia e erotismo: um caso particular
Programação Paralela – à partir das 17 horas – Auditório do IFT/UNESP

17 hs
Oscar D´Ambrosio (Assessor de Imprensa da Reitoria/UNESP)
Palestra: Kurosawa, um conhecimento visual
Fragmentos do filme: Sonhos, Akira Kurosawa, 1990

18 hs
Peça: O Rio
Inspirada na obra de João Cabral de Melo Neto
Sala: 103 – 1º. IA – Micro-teatro: Laboratório de Formas Animadas e Visualidades (40 lugares)
Realização: Teatro Didático da UNESP - Prof. Dr. Wagner Cintra
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 5
24/8/2011 – a partir das 14 horas – quarta
Local: Teatro de Música Maria de Lourdes Sekeff
Tema: Transposições da Arte para o Cinema
Mediador: Prof. Dr. Fernando Fogliano

9 hs
Inscrição para as palestras no hall no 1º. andar – IA/UNESP

10 hs
Prof. Dr. Fernando Fogliano – SENAC/SP
A codificação do tempo na fotografia: "
stop motion" um novo formato fotográfico
Almoço: 12 às 13 hs

13 hs
Profa. Dra. Sheila Schvarzman
Brasilidade, nostalgia e educação: o rural nos filmes de Humberto Mauro, entre 1950 e 1960

14 hs
Prof. Dr. Wilton Garcia – USP e UBC
O corpo no cinema: estudos contemporâneos
Fragmentos do filme: O cozinheiro, o ladrão, sua mulher e o amante, Peter Greenaway, 1989
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 6
15 hs
Prof. Nardo Germano (USP) e Prof. Dr. Agnus Valente – Departamento de Artes Plásticas – IA/UNESP
Auto-Retrato Coletivo: Identidade, Diversidade e Hibridismo estético-cultural.

16 hs
Profa. Dra. Rita Ribeiro Voss – Docente da UBC e pesquisadora da UNESP
Considerações sobre corpo, arte e cultura: feminino nas obras de Almodóvar - Fragmentos do filme: Fale com Ela, 2002 – Pedro Almodóvar.
Programação paralela – à partir das 17 horas
Local: Teatro Reynuncio de Lima -Instituto de Artes - UNESP
PEÇA: RESPIRA – Prof. Dr. José Manuel Lázaro – DACEFC – IA/UNESPUNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 7
25/08/2011 – a partir das 9 horas – quinta
Local: IFT - UNESP
Tema: O erudito popular na
Belle Époque musical carioca e as canções de
Glauco Velásquez
Mediador: Eduardo Oliva

8 hs
Inscrição para as palestras, no hall do IFT/UNESP.

9 hs
Abertura: Profa. Dra. Márcia Guimarães – Vice-coordenadora do Laboratório de Pesquisa em Identidade e Diversidade Cultural no IA/UNESP e docente do Departamento de Música – IA/UNESP e Eduardo Oliva (pesquisador do Laboratório - UNESP)
- O erudito-popular na cultura da belle-époque carioca
10 hs
Prof. Alessandro Francisco – docente do Programa de Pós-graduação da FAAP e membro do Grupo de Estudos de Michel Foucault da PUC/SP
Identidade e Diversidade: uma reflexão sobre a construção e formação do sujeito a partir do pensamento de Michel Foucault.

11 hs
Prof. Dr. Marco Antonio Villa – Universidade Federal de São Carlos
A república brasileira e a guerra sertaneja
ALMOÇO: 12:00 às 13:00 hs
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 8
13 hs
Prof. Dr. José Ramos Tinhorão
Palestra: As "Rodas de Choro"

14 hs
Prof.Dr. José Leonardo do Nascimento – coordenador do Laboratório de Pesquisa em Identidade e Diversidade Cultural no IA/UNESP, Prof. Dr. Antonio Celso Ferreira (Departamento de História/UNESP/Assis e CEDEM/UNESP) e Maria Helena Sassi (pesquisadora do Laboratório e aluna do Programa de Pós-graduação – Mestrado em Artes – IA/UNESP)
O sertão na cultura brasileira: mito e história e
A representação estética do cangaço na pintura – aproximação da linguagem cinematográfica através do filme "O Cangaceiro", de Lima Barreto (1953), com a pintura de artistas populares como Marcos de Oliveira e Gilvan

15 hs
Prof. Dr. Nelson Chapochinik (USP)
João do Rio e a Rua do Ouvidor: do salão aos cafés

16 hs
Prof. Dr. Antônio Pedro Tota – PUC/SP
Nelson Rockfeller e a crítica ao Realismo Socialista
Programação paralela – às 17 horas - hall do IFT/UNESP
a) Apresentação do Grupo do Choro da UNESP
Giacomo Bartoloni e músicos (estudantes do A/UNESP)
FERNANDO DE SOUZA MIRANDA
LEANDRO WILSON SARMENTO
ANTONIO FERNANDES V. SOUZA
LUCILA DE PAZ FERRINI
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 9
b) 18 hs - Teatro de Música Maria de Lourdes Sekeff
RECITAL DE ENCERRAMENTO: As canções de Glauco Velásquez
Profa. Dra. Márcia Guimarães - soprano
Prof. Eduardo Oliva - piano
Prof. Dr. Achille Picchi – piano
Comissão Organizadora:
O Laboratório de Pesquisa em Identidade e Diversidade Cultural do IA/UNESP é coordenado pelos Professores Doutores: Prof. Dr. José Leonardo do Nascimento, Profa. Dra. Marcia Guimarães, pesquisadores do Laboratório e monitores (alunos da Graduação e Pós-graduação do IA/UNESP).
Pesquisadores do Laboratório: Maria Helena Sassi, Eliana Angélica D`Alessandro, Pio Santana, Eduardo Oliva, Jô Domingas, Rosângela D. Canassa, Yardena B. Sheerry, Jorge Brazílio, Marian Inoue, Alessandro Francisco, Elizeu Silva e Achille Picchi.
Idealização do evento
: Rosângela D. Canassa – pesquisadora do Laboratório de Pesquisa em Identidade e Diversidade Cultural do IA/UNESP
Blog do grupo de pesquisa que contém toda a programação do evento:
WWW.identidadediversa.wordpress.com
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 10
Responsável pelas fotos do evento
: Ana Lima (doutoranda da USP)
Apoio na Unidade:
Direção da Unidade – IA/UNESP
Departamento de Artes Plásticas
Escritório de Pesquisa e Extensão do IA/UNESP.
Apoio externo:
Instituto de Física Teórica – IFT/UNESP – Campus de São Paulo
PROPE – Reitoria - UNESP
FUNDUNESP
UNIP – Universidade Paulista
Período de realização:
22 a 25 de agosto de 2011
Período de inscrição:
25 de julho a 10 de agosto de 2011
Email: pesquisaextensao@ia.unesp.br – Rosângela D. Canassa
Os participantes também poderão se inscrever junto ao evento e receberão certificado de participação.
Local de realização:
Auditório do IFT e Instituto de Artes – Campus de São Paulo – UNESP.UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 11
Horário:
a partir das 8 horas (inscrição no local ou por email)
Contatos: pesquisaextensao@ia.unesp.br
Apresentação:
A criação do Laboratório de Pesquisa em identidade e Diversidade Cultural no IA-UNESP, criado em 26 de janeiro de 2010 é uma proposta de caráter inovador na Unidade e visa promover, por meio da ação cultural, atividades de incentivo a diversidade cultural brasileira, como elemento fundamental da identidade nacional. Os pesquisadores do Laboratório desenvolvem temas que visam ao fortalecimento da expressão cultural e o reconhecimento do Patrimônio Cultural Imaterial do País, por meio da arte.
O Patrimônio Cultural "Inatingível" ou "Imaterial" compreende as expressões de vida, conhecimento e tradições que comunidades, grupos e indivíduos, em todas as partes do mundo, recebem de seus ancestrais e passam a seus descendentes. Em um mundo de crescentes interações globais, a revitalização de culturas tradicionais e populares assegura a sobrevivência da diversidade de culturas inseridas em cada comunidade, contribuindo para o alcance de um mundo plural.
Justificativa:
O "Fórum de Discussão sobre a Identidade e a Diversidade Cultural Brasileira" é um derivado dos resultados das pesquisas do grupo que objetiva estudar a cultura brasileira e suas diversidades. A importância deste evento visa não só divulgar os resultados obtidos pelos pesquisadores com suas pesquisas, mas também, refletir e debater sobre os temas que englobam a arte em conexão com as questões que fomentem na criação de políticas públicas em diversidade, por meio das manifestações artísticas, para preservar a identidade e a diversidade cultural do País, onde a arte se transforma em uma linguagem que reflete as características múltiplas do povo brasileiro.
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO" Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 12

Objetivo geral:
O Fórum objetiva reunir a comunidade acadêmica do Instituto de Artes e de organizações educacionais, sociais, políticas e comunitárias e visa colaborar para democratização da arte junto à sociedade, como um bem social e cultural de forma a ampliar o acesso dos participantes à memória da cultura paulista, narrativas culturais concernentes à história e à tradição nacional, assim como às produções e manifestações e conceitos artísticos que desenham o campo da arte contemporânea. As palestras, oficinas e outras atividades paralelas são voltadas para a difusão da diversidade cultural brasileira e a valorização das culturas inter-regionais do País.
Objetivos específicos:
O objetivo deste Fórum é o conjunto das pesquisas cujos temas foram escolhidos pelos integrantes do Laboratório que é a contribuição de cada um para a preservação da diversidade étnica, cultural e social que envolve:
a) difusão das manifestações culturais tradicionais e orais, como um apoio à difusão do patrimônio imaterial paulista, por meio de suas tradições, cultura, costumes, que marcam a vivência coletiva do trabalho, da religiosidade, do entretenimento e de outras práticas da vida social paulista em suas mais diversas formas de expressão.
b) As palestras sobre arte contemporânea abrangem a diversidade da arte em suas variadas formas de expressão e visa prestigiar as singularidades artísticas e conceituais presentes na cultura atual e também as suas interfaces com as mídias eletrônicas.
c) O evento que trata do período
belle époque carioca objetiva debater o contexto da época, em conexão com as obras realizadas pelo compositor Glauco Velásquez e de seus textos poéticos, na sua estreita relação com a música e o contexto identificatório e diverso no qual se insere a cultura musical brasileira daquele momento. O objetivo será de tentar resgatar as questões de vida do compositor com a sua estética musical.
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA "JÚLIO DE MESQUITA FILHO"
Campus de São Paulo Instituto de Artes – Escritório de Pesquisa e Extensão Rua Dr. Bento Teobaldo Ferraz, 271 – Barra Funda - São Paulo – CEP: 01140-070 Tel.: (11) 3393.8597 - E-mail: rcanassa@ia.unesp.br 13
Público alvo:
Alunos, professores, funcionários e demais interessados em arte de forma geral, bem como, em estudos contemporâneos da cultura brasileira e suas interfaces nos aspectos: artísticos, culturais, sociais, identitários e patrimônio imaterial brasileiro.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

PANORAMA DA CERÂMICA BRASILEIRA - CUNHA 2011

Prezados  faltam somente tres semanas para a viagem de Extensão a Cunha e ainda temos algumas vagas, favor divulgar novamente para TODOS OS ALUNOS. Segue anexo o novo cartaz do Projeto de extensão favor ENCAMINHAR, obrigada, abraços Lalada
Projeto de Extensão Universitária
PANORAMA DA CERÂMICA BRASILEIRA – CUNHA 2011
Coordenação: Profª. Drª. Lalada Dalglish
02 a 06 de setembro 2011


O Projeto de Extensão Universitária PANORAMA DA CERÂMICA BRASILEIRA, de cunho acadêmico e cultural, vem sendo realizado há 15 anos no Instituto de Artes da UNESP/SP, com o objetivo de promover e divulgar pesquisas sobre a arte cerâmica no Brasil. O curso faz parte do programa da PROEX/Pró-Reitoria de Extensão da UNESP (www.unesp.br), com direito a certificado de freqüência, e é destinado a alunos, comunidade, pesquisadores e interessados na arte cerâmica.

A viagem de pesquisa à Cidade de Cunha/SP inclui visitas aos ateliers de cerâmica, palestras com os ceramistas, demonstrações sobre as técnicas usadas na modelagem, na pintura e na queima da cerâmica, que em sua maioria são feitas em fornos orientais denominados “Noborigama”. São poucos os fornos Noborigamas existentes no Brasil e a maioria deles está localizado na cidade de Cunha, o que torna a viagem uma experiência rara e importante para aqueles interessados na arte cerâmica.

Roteiro:
02 de setembro

16:00h: Saída de São Paulo (IA/UNESP/Barra Funda) com previsão       de chegada a Cunha às 18:00hs

03       a       05 de setembro

Visita aos ateliês de cerâmica e Centro Cultural; abertura de       fornadas, palestras, demonstrações e workshop.

06       de setembro

10:00h: Saída de Cunha. Visita à Associação dos Artesãos da       Cidade de Taubaté/SP.
18:00h: Horário previsto de retorno a São Paulo             IA/UNESP/Barra       Funda.


O investimento é de R$220,00 (duzentos e vinte reais) incluindo:
apostila, palestras, transporte e hospedagem (incluso café da manhã)


Inscrição com Lívia Botazzo: livia_botazzo@hotmail.com

http://panoramadaceramicabrasileira.blogspot.com/

Evento no SESC: De spectris sonorum

Protestos na Inglaterra

Uma entrevista que "deu errado", professor fala a verdade sobre protestos na Inglaterra:

http://www.youtube.com/watch?v=HI1YSPHVeIA

Bolivia : Democracia e Revolução

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

IV Desafio National Geographic

Caros,

Mais um ano e estamos aqui de novo participando do Desafio do Viagem ao Conhecimento, esse ano trabalhando com os 8º anos no Righini. O objetivo é criar uma competição saúdavel e fornecer aos alunos uma chance de mostrar seu conhcimento.
Abaixo as turmas participantes:







Amanhã a partir das 15 hs o gabarito disponível no site abaixo:
http://www.viagemdoconhecimento.com.br/

Boa sorte
Profa. Viviane

CURSO SOBRE PATRIMÔNIO NA USP

1º DEBATE SOBRE A ESQUERDA NO BRASIL

domingo, 7 de agosto de 2011

Exposição em Mogi das Cruzes

Pessoal,

Materia realizada pela emissora local.
Vale a visita.

http://www.tvdiario.com/diariotv/index.php?option=com_content&view=article&id=4808:exposicao-mostra-arte-sacra-nas-igrejas-do-carmo&catid=47:cultura&Itemid=34

O Último sobrevivente dos triângulos rosass

Morre Rudolf Brazda, último sobrevivente dos "triângulos rosas"
Rudolf Brazda, o último sobrevivente dos "triângulos rosas", os homossexuais internados em campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, morreu na quarta-feira aos 98 anos em Bantzenheim, leste da França.

O funeral acontecerá na segunda-feira em Mulhouse, ao sul de Bantzenheim.

Nascido em 26 de junho de 1913 na Saxônia (leste da Alemanha) em uma família tcheca de língua alemã, Brazda foi detido duas vezes nas prisões nazistas, até sua deportação para o campo de Buchenwald (centro da Alemanha) em agosto de 1942 por ter mantido relações homossexuais.

Brazda viveu em Kingersheim, perto de Mulhouse, com o companheiro antes de ser internado em junho em Bantzenheim. Foi nomeado cavaleiro da Legião de Honra em abril.

Rudolf Brazda foi um dos autores do "Itinerário de um triângulo rosa", no qual relembrou os 32 meses no campo de concentração, os trabalhos forçados, a presença da morte, as agressões e as humilhações.

No campo de Buchenwald, do qual foi libertado em abril de 1945, foi obrigado a usar um triângulo rosa, símbolo que estigmatizava os homossexuais.

Brazda saiu do anonimato em 2008, quando a Alemanha inaugurou um monumento para homenagear os "triângulos rosas" e anunciou que apenas uma testemunha do horror permanecia viva.

Um mês depois foi o convidado de honra da "GayPride" de Berlim. Com uma camisa rosa, depositou uma flor diante do novo memorial na presença do prefeito da capital alemã, Klaus Wowerei, também homossexual.

A história de Brazda foi registrado em livro chamado "Triângulo Rosa – Um homossexual no campo de concentração nazista", lançado no Brasil pela Mescla Editorial.



Devemos sempre nos lembrar das atrocidades já acontecidas para que assim possamos evitar que no futuro isso aconteça novamente.
Profa Viviane

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Maratona Jornada nas Estrelas : 45 anos

Frequências de saudação abertas,

Em comemoração aos 45 anos de Jornada nas Estrelas - série clássica, a Paramount Brazil estará promovendo a "Maratona Jornada nas Estrelas 45 anos", um evento especial para os fãs nos dias 23/7, 30/7 e 6/8. Haverá exibição de episódios, mesa-redonda temática, sessão de perguntas e respostas e sorteio de brindes.
O Grupo de Ficção Científica Alpha / Grupo de Teatro Zona Neutra foi convidado a ser parceiro deste evento, e sua presidente, Sílvia Reis, fará parte da mesa-redonda no dia 23 de julho com o tema "Realidades alternativas - Viagem no tempo e mundos paralelos", juntamente com Paulo Gustavo Pereira - Almanaque dos seriados, e Ricardo Matsumoto (Diretor de redação da Revista Preview).

Confira a programação e compareça!

23/7 - sábado - Livraria Cultura Shopping Bourbon - 16h00

30/7 - sábado - FNAC Paulista - 15h00

6/8 - sábado - Livraria Saraiva Center Norte - 19h00

A programação completa estará disponível em breve em nosso blog, site, comunidade e Facebook. Cadastre-se em nossos Twitters.
Grupo de Ficção Científica Alpha Facebook: Grupo Ficção Alpha Blog sobre Ficção Científica, ciência, tecnologia e cinema:
http://alphafiction.wordpress.com/

Twitter: http://twitter.com/alphafiction

Comunidade "Grupo Ficção Científica Alpha": http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=94689165
e-mails: Alpha: Boletim de Conhecimento sobre Ficção: abcfiction@gmail.com
eventoalphafiction@gmail.com

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Exposição do Barroco Paulista em Mogi das Cruzes

Pessoal,


A partir de sexta feira 05/08 a Igreja Matriz de Mogi vai abrigar uma exposição sobre o Barroco Paulista.
Além da exposição o MIC vai proporcionar um ciclo de palestras relacionados com o assunto.
Segue o folder e por favor ajudem a divulgar hein!

PS: no dia 13/08 Vou apresentar um palestra sobre os enterramentos nas igrejas se alguém quiser ir me avise!!!

Beijocas

O Educativo da Bienal :O ENCONTRO EXPERIÊNCIAS X EXPERIÊNCIAS

CONVITE PARA O ENCONTRO EXPERIÊNCIAS X EXPERIÊNCIAS
 
O Educativo da Bienal tem o prazer de convidá-lo para os encontros Experiências x Experiências.
 
O primeiro encontro acontecerá no dia 9 de agosto e consiste numa troca de experiências entre professores da rede pública e de escolas particulares e os educadores da Bienal. O objetivo é promover uma reflexão sobre os caminhos da arte contemporânea e como isto pode ser trabalhado tanto em sala de aula, quanto em uma visita orientada pela exposição.
 
Os conceitos e artistas da exposição Em Nome dos Artistas- Arte Contemporânea Norte-Americana na Coleção Astrup Fearnley, que terá início no dia 30 de setembro de 2011 no Pavilhão da Bienal, serão apresentados junto a questões sobre o ensino da arte.
 
Em cada encontro será trabalhado um artista da exposição previamente escolhido. Os educadores da Fundação Bienal pensarão em estratégias de fruição desse artista no espaço expositivo (1h30) e um professor convidado o fará pensando no ambiente da sala de aula (1h30).
 
 
Data do Encontro: 09 de agosto
Horário: 14h às 17h
Local: Parque Ibirapuera, Portão 3. Pavilhão Ciccillo Matarazzo, 3° piso
04094-000 - São Paulo - SP - Brasil
no auditório do MAC-USP (Museu de Arte Contemporânea da USP)
(lembre-se de trazer zona azul – o cartão de 1 hora, no parque vale por 2 horas)
Artista apresentado: Paul Chan
Professor Convidado: Edward William Kronig Wandeur é graduado em Arquitetura e Urbanismo, pela Unisantos, e em Educação Artística, pela Belas Artes. É professor na Escola Técnica de Artes na disciplina de Design de Interiores, na Faculdade de Educação Física de Santo André e na Faculdade da Terceira Idade.
 
Informações: (11) 5576-7611 r. 7688
                          educativo@bienal.org.br
 
 
Inscreva-se para o encontro do dia 09 de agosto CLICANDO AQUI.
 
Caso não consiga clicar copie o endereço abaixo em seu navegador:
https://spreadsheets.google.com/a/fbsp.org.br/spreadsheet/viewform?formkey=dHQ0U2pqY05abGJ2aGtQSE1PNE81b1E6MA#gid=0