quinta-feira, 19 de maio de 2011

MABLA: Movimento Afro-brasileiro Pró-Libertação de Angola (1960-1975)

MABLA: Movimento Afro-brasileiro Pró-Libertação de Angola (1960-1975)


Debate Cedem/Unesp

Movimento Afro-brasileiro Pró-Libertação de Angola (MABLA) – Um Amplo Movimento: Relação Brasil e Angola de 1960 a 1975, Mestrado em História – PUC/SP – 2010, de José Francisco dos Santos, será o centro do debate no próximo dia 30 de maio, segunda-feira às 18h30, promovido pelo CEDEM – Centro de Documentação e Memória da UNESP.

A pesquisa registra o relacionamento entre Brasil e Angola, entre a década de 1960 e 1970 por meio do Movimento Afro-brasileiro Pró-Libertação de Angola (MABLA). Movimento que envolveu diversos setores da sociedade especialmente nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. As ações desse Movimento manifestaram-se no sentido de sensibilizar a opinião pública brasileira para os problemas enfrentados pelas então colônias portuguesas na África. São abordadas as ações em prol da independência de Angola, por parte do Brasil. Os ônus enfrentados foram grandes, visto que o processo de independência de Angola estava inserido na conjuntura da Guerra-Fria, tendo como agravante o fato de que estava sob o domínio do já anacrônico regime português salazarista estabelecido em 1926. Regime este que o Brasil teve relações estreitas até quase o seu término, em 1974, com a Revolução dos Cravos.

O MABLA estabeleceu laços com o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), movimento que mantinha relações estreitas com a União Soviética e Cuba. Contudo, com o Golpe Civil-Militar de 1º de Abril de 1964 que alinha o Brasil com os Estados Unidos, alguns militantes do MABLA foram presos. Por outro lado, esse mesmo regime Civil-Militar foi o primeiro a reconhecer a independência de Angola em 11 de novembro de 1975, tendo à frente o MPLA. Portanto, é analisado o desenvolvimento das relações entre Brasil e Angola, procurando entender as conjunturas da década de 1960 a 1970, tendo em vista as suas transformações.

Expositor José Francisco dos Santos
Graduação em História – UNESP
Mestrado em História – PUC/SP
Doutorando em História – PUC/SP e é Professor da FMU

Debatedora Lúcia Helena Oliveira Silva
Graduação em História – PUCAMP, Mestrado em Educação – UNICAMP,
Doutorado em História – UNICAMP, Pós-Doutorado em História – New York University
Vice-Coordenadora do NUPE/UNESP e é Professora da UNESP

MediadorLincoln Secco
Graduação em História – USP
Mestrado e Doutorado em História Econômica – USP
Livre Docente em História - USP

PARTICIPE E CONVIDE OS SEUS AMIGOS!
Inscrições gratuitas c/ Sandra Santos pelo e-mail: ssantos@cedem.unesp.brData e horário: 30 de maio de 2011 (segunda-feira) às 18h30
Local: CEDEM/UNESP - Centro de Documentação e Memória
Praça da Sé, 108 - 1º andar, esquina c/ Rua Benjamin Constant (metrô Sé)
(11) 3105 - 9903 - www.cedem.unesp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não será permitido comentários ofensivos.