sexta-feira, 1 de abril de 2011

Avaliação do SARESP X Bônus para a escola

Caros leitores,

Posto essa mensagem como um desabafo pela classe mais espinafrada do Brasil: os professores.
É fato que o governo do nosso referido Estado gosta de montar campanhas publicitárias onde ele tenta enobrecer o seu trabalho com a educação: dois professores em sala de aula, caderno do aluno, bônus para a escola que atingir a meta....a tal meta do SARESP.
O que é o SARESP?
Todos os anos a  Secretaria da Educação do Estado de São Paulo – SEE/SP – realiza em meados de novembro o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo – Saresp, onde todas as escolas da rede pública estadual que oferecem ensino regular e de todos os alunos do 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio participam.  Em cada edição, por meio de aplicação de provas cognitivas e questionários respondidos pelos pais, alunos e gestores do ensino, o Saresp avalia o sistema de ensino paulista para monitorar as políticas públicas de educação.
Pois bem , o fato é que ano a ano o desempenho das escolas públicas vem caindo e o governo atribui esse queda ao desempenho do professor em sala de aula. Será que a culpa é nossa?
Muitos alunos chegam ao 6º ano sem saber ler e escrever, com dificuldades que o ensino fundamental deveria resolver, mas como a criança tem até o 9º ano para se alfabetizar o problema cai nas mãos dos educadores do ensino fundamental II que tem sua formação voltada para um conteúdo especifico e não para alfabetizar alunos.
E os alunos? completamente desinteressados em fazer essa prova e qualquer outra que o professor proponha. Eles sabem que vão passar de ano mesmo, pra que avaliar?
Essa é a mentalidade que se instaura no ensino público, que cada vez afunda mais.
Ah! E o bônus para a escola que atinge a meta? Então...até agora não consigo entender a lógica da conta.
Ano passado, ano de eleições o ex-governador José Serra foi "BEM"generoso com a classe dos professores, classe essa que ele sempre gostou de insultar, mas são eleitores em potencial.
Agora em 2011 o índice divulgado foi o geral e aponta uma queda no desempenho, por isso alguns professores receberam de bônus R$, 0,40 centavos, R$ 1,96, R$ 8,00 e por ai vai. O mais interessante é que alguns professores não receberam nada.
Enfim vamos aguardar as cenas dos próximos capitulos.

Um comentário:

  1. Como professor me sinto humilhado com essa política. Como um cidadão, já concordo com o governo. Enquanto a classe fica somente lamentando, tudo permanece estático. Onde estão os sindicatos que só existem? Que atitudes tomam? Só sabem marcar atos de protesto que já se tornaram ridículos. Gente vamos acordar o SARESP é a coisa mais fácil de ser banida, basta que nos dias de sua realização haja uma falta coletiva e a escola não seja aberta. Quem tem coragem de fazer isso. Quem fizer será considerado um caso isolado. Ah, se todos acordassem!

    ResponderExcluir

Não será permitido comentários ofensivos.