terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Vulcão Etna entra em erupção no sul da Itália



Queridos leitores,

Noticia vinculada na imprensa 13/01/2011 em meio de vários acontecimentos desagradaveis por conta da natureza.

Boa leitura,

Profª Viviane

****************8
Vulcão começou a expelir cinzas e lavas nesta quinta-feira, forçando as autoridades a fechar brevemente aeroportos de Catânia.
Os dois aeroportos de Catânia, a segunda cidade mais importante da Sicília e localizada aos pés do vulcão, foram reabertos, mas as autoridades da aviação civil (Enac) disseram que observavam o aumento da atividade vulcânica e as emissões de cinzas. Os aeroportos já haviam sido fechados por precaução na tarde de quarta-feira.
O Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália (INGV) informou que a atividade sísmica do Etna havia aumentado na quarta-feira antes da última erupção, que até agora foi leve. O Etna, o vulcão mais alto e ativo da Europa, entra em erupção regularmente, mas provoca poucos danos nas regiões desabitadas.
Ao entrar em erupção na ilha italiana da Sicília na noite de quarta-feira, o Etna formou um rio de lava por uma de suas encostas, onde autoridades locais anunciaram estado de alerta. Segundo informou o INGV, a atividade do vulcão se intensificou na noite de quarta-feira pouco depois das 22h48 locais (19h48 horário de Brasília).
O jornal "Corriere della Sera" informou que o espetáculo de lava foi visível nas cidades de Catânia e Taormina.
Segundo os cientistas do INGV, os sinais registrados nos últimos dias lembram as fases preliminares das violentas eruções de 2006 e 2007 e não se descarta que a lava volte a correr pela encosta nas próximas horas.
A última grande erupção do vulcão de 45 quilômetros de diâmetro localizado no leste da Sicília, que esteve acompanhada de mais de 200 pequenos terremotos, foi em maio de 2008. O Etna tem 3.322 metros de altura e é a montanha mais alta da Itália ao sul da cordilheira dos Alpes.
*Com EFE e Reuters




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não será permitido comentários ofensivos.