terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Conflitos no Egito provocam aversão ao risco e bolsas caem; dólar sobe

Notícia publicada às: 28/01/2011 20:00

A exceção foi o mercado acionário asiático que fechou em queda por conta da repercussão do rebaixamento da nota de crédito do Japão.

28 de janeiro de 2011 - Os balanços corporativos de grandes companhias e o resultado abaixo do esperado do Produto Interno Bruto(PIB) dos Estados Unidos foram deixados de lado nesta sexta-feira diante do aumento da tensão no Egito, o que acabou por provocar um movimento de aversão ao risco nas bolsas ao redor do globo.
 exceção foi o mercado acionário asiático que fechou em queda por conta da repercussão do rebaixamento da nota de crédito do Japão.
No Cairo, os protestos contra o presidente Hosni Mubarak, no poder desde 1981, cresceram e na avaliação dos agentes, o acesso ao Canal de Suez, principal ponto de ligação entre Ásia e Europa poderia ficar ameaçado.Além disso, a sede central do Partido Nacional Democrático (NDP), legenda do Governo egípcio, foi incendiada.
Mais cedo, o Departamento do Comércio norte-americano informou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu a um ritmo anualizado de 3,2% no quarto trimestre de 2010.
Apesar de ter vindo pouco abaixo do esperado pelo mercado - uma aceleração de 3,5%, o mercado reagiu bem à notícia no começo das operações.(...)

Trechos:  (MCF - www.ultimoinstante.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não será permitido comentários ofensivos.