sábado, 16 de janeiro de 2010

Fortes Chuvas: São Luiz do Paraitinga

Como ficou a cidade de São Luiz do Paraitinga após as fortes chuvas do início de ano:


Fortes Chuvas: São Luiz do Paraitinga

Um pouco da história da cidade:
O Capitão Vieira da Cunha e João Sobrinho de Moraes alegaram pretender povoar a região dos sertões da Paraitinga e, por isso, receberam do Capitão de Taubaté, Felipe Carneiro de Alcaçouva e Souza as primeiras sesmarias da então Vila de Guaratinguetá, que havia explorado todo aquele sertão, apresentou ao Governador, capitão-general D.Luís Antonio de Souza Botelho Mourão, um requerimento em que vários povoadores lhe pediam para fundar junto ao Rio Paraitinga e entre Taubaté e Ubatuba, uma nova povoação. A 2 de Maio de 1.769 essa petição foi deferida, recebendo a povoação o nome de São Luiz e Santo Antonio do Paraitinga, sendo a padroeira Nossa Senhora dos Prazeres. No dia 8 de maio de 1.769 o sargento mor Manoel Antonio de Carvalho foi nomeado fundador e governador da nova povoação. Um incentivo do governador geral estimulou a mudança de mais gente para o local que foi elevada à Vila em janeiro de 1.773, instalada a 31 de Março do mesmo ano. A Vila teve rápido progresso de início, mas depois veio a estacionar na cultura dos cereais e só muito mais tarde se deu início à plantação de café e algodão. Por lei provincial a 30 de Abril de 1.857 foi elevada a categoria de cidade e por título de 11 de junho de 1.873 obteve a denominação de "Imperial Cidade de São Luiz do Paraitinga".

ORIGEM DO NOME Paraitinga é o nome do Rio PARAHYTINGA - De origem indígena: Da língua Tupi-Guarani - "Águas Claras"- onde, desde os tempos dos Bandeirantes havia um posto avançado por onde passavam o café e o ouro mineiro. Ao ser fundada a povoação em 1.769, o nome foi São Luís e Santo Antonio do Paraitinga, sendo mudado depois para São Luiz do Paraitinga, quando o padroeiro passou a ser São Luiz, Bispo de Tolosa. Transforma-se em Estância Turística a cidade de São Luiz do Paraitinga
(Aprovado pela Lei Estadual nº 11.197 de 5 de julho de 2002)
Os Grandes casarões construidos entre os séculos XIX E XX trazem um certo charme a cidade.

São Luiz é um cidade festeira, durante o ano a cidade proporciona várias festas como a Festa do Divino e o Carnaval de Marchinhas, essa aliás é a festa que mais atrai turistas a cidade, foliões cansados de ouvir samba-enredo e axé music.
Carnaval de São Luiz do Paraitinga é um dos mais originais do Estado de São Paulo, amplamente divulgado pelos meios de comunicação. É baseado na cultura do povo da cidade, com seus mitos, lendas e tradições. Tudo regado a marchinhas carnavalescas de origem local. Blocos e cordões apresentam-se nas ruas, tendo como cenário a praça e os casarões coloniais.
São Luiz do Paraitinga possui fama de terra dos músicos e espírito vivo das festas, povo ordeiro e contente e de forte tradição histórica cultural.

fonte:http://www.saoluizdoparaitinga.sp.gov.br/

A forte chuva em Angra dos Reis

SÃO PAULO (Folhapress) - A Prefeitura de Angra dos Reis divulgou ontem o conteúdo do Formulário de Avaliação de Danos sobre os deslizamentos provocados pelas chuvas nos primeiros dias do ano. O documento conclui que o desastre foi de nível 4, a maior intensidade no índice de avaliação da Codificação de Desastres, Ameaças e Riscos do Conselho Nacional de Defesa Civil.

Clique para ampliar: Ilha Grande

A avaliação, finalizada na última terça-feira, foi encaminhada ao Sistema Nacional de Defesa Civil e validará a situação de calamidade pública decretada pela prefeitura. A medida é necessária para o recebimento dos recursos destinados ao município.
O formulário aponta que 2.284 desalojados foram hospedados em casas de familiares e parentes. Outros 652 desabrigados ficaram em abrigos públicos e 80 deslocados deixaram a cidade após as chuvas. Além das mortes, foram registradas 31 pessoas com ferimentos leves e nove em situação grave. Das 15h do dia 30 de dezembro e 3h30 do dia 1º de janeiro, foram registrados 417 mm de chuva - a média do mês de dezembro era de 225,3 mm.

clique para ampliar: Pousada Sankay


Mesmo que a chuva seja a grande responsável pelo desastre que se abateu tanto na parte continental - cidade - de Angra dos Reis quanto na Ilha Grande, isso poderia ser evitado. De acordo com vários especialistas as construções nessas encostas são irregulares, - mesmo a contrução da Pousada Sankay- para se urbanizar essas regiões se faz necessário um estudo do solo atestando se aquele terreno é ou não seguro para construções. Com toda a tecnologia que temos hoje esse estudo é rápido. Porém nenhuma das construções em Angra dos Reis tem esse laudo. O que fez com que o governo embargasse várias obras por lá afim de investigar se será seguro a sua contrução.


Abaixo fotos da Pousada Sankay antes do deslizamento:





Feliz Ano Novo!!!

Olá pessoas!
Após merecidas férias , volto a postar mensagens no blog.
Dificil dizer Feliz Ano Novo, tudo de bom para você e sua familia nesse 2010 quando o ano se iniciou com várias tragédias: frio intenso na Europa chegando na casa dos -30º negativos; calor em excesso no Brasil provocando chuvas devastadoras como em Angra dos Reis e São Luiz do Paraitinga e terremoto na Venezuela e no Haiti, sendo que nesse último a catástrofe foi sem precedentes na história.
Quando será o momento em que nós seres humanos vamos parar e pensar sobre as nossas atitudes em relação ao planeta em que vivemos e a reação que nós temos com o próximo?
Acho que o inicio de 2010 trará essa reflexão a todos nós.
Pense nisso.