quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Museu Afro: Nova exposição


Clique na imagem para ampliar

Premição: Viagem ao Conhecimento

E não foi a Karol que recebeu certificado:
Com vocês os 4º melhores resultados todos aluno do 8º ano (antiga 7º série)
2º Colocada: Bianca Cruz

















3º Colocada: Gabriela Nogueira












4º Colocada: Carolina Barros- Que fez a prova sob protesto -


















5º Colocado: Lucas Matheus
















Boa sorte galera!!! 2010 Estamos lá!!!

Premiação: Viagem ao Conhecimento

Ontem aconteceu no CBEI uma cerimonia de premiação com os certificados para os participantes com os melhores resultados no Desafio Viagem ao Conhecimento:
Karoline Albukerque Silva ficou em 1º lugar e recebeu dois certificados. A Karol aproveitou para contar a experiência de fazer uma prova desse porte em um lugar totalmente desconhecido e com pessoas que estão em plena competição. Além disso o tempo se mostrou um grande vilão, mas com toda certeza ela já aprendeu a lidar com ele nas proximas etapa!






A Karol ainda recebeu mais um certificado pela participação na 2º fase




Estamos todos torcendo para você avançar a 3º fase!!!
Força Karol!

sábado, 26 de setembro de 2009

Gabarito : Viagem do Conhecimento

Divulgação do gabarito será dia 9/10
O Comitê Gestor informa que o gabarito da segunda prova (fase regional) será divulgado dia 9 de outubro a partir das 15 h (horário de Brasília).

Coordenadores das sedes regionais, não se esqueçam do prazo para enviar os gabaritos para São Paulo. Eles devem ser enviados até o dia 2 de outubro. Após essa data, os gabaritos não serão aceitos. É importante enviar os gabaritos o quanto antes, o que facilitará o processo de correção das provas em São Paulo. Se houver alguma dúvida, consultem as Orientações que foram enviadas a todas as escolas-sede regionais. Aproveitamos para agradecer mais uma vez o envolvimento e dedicação de todas as pessoas que participaram da organização da fase regional do II Desafio National Geographic. A todos, nosso muito obrigado.

Visite nosso blog e manifeste sua opinião sobre a prova.

http://www.viagemdoconhecimento.com.br/blog/como-voce-avalia-a-prova-regional.php

Para esclarecer dúvidas, consulte o Calendário e o Regulamento.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Entenda a questão de Honduras

A expulsão:



Honduras dá 72 horas a pessoal da embaixada da Venezuela para deixar o país
21/07/2009 — rizzolot

O governo interino de Honduras deu nesta terça-feira um prazo de 72 horas a funcionários da embaixada da Venezuela para deixarem o país “por ameaças feitas ao governo de uso da força, assim como a intromissão em assuntos exclusivos e o desrespeito à integridade” hondurenha, informou a chancelaria de Tegucigalpa.
Carta assinada pela vice-chanceler Martha Lorena Casco dirigida ao embaixador da Venezuela, Armando Luna, pede “a retirada em 72 horas do pessoal diplomático, administrativo, técnico e de serviços da missão da Venezuela.
O governo de Caracas assim como o restante da comunidade internacional não reconhecem o governo de Roberto Micheletti.
Em reciprocidade, a chancelaria hondurenha “está retirando todos seus funcionários da embaixada de Tegucigalpa em Caracas”, diz a nota.
Tudo isso por que Hugo Chaves fez um comentario a favor de Zelaya no poder.

A tentativa de retorno:
Zelaya promete volta “apoteótica”
O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse que a “guerra civil já começou” em seu país. Ele ainda afirmou que está disposto a regressar a Honduras e que sua entrada na capital Tegucigalpa será “apoteótica”. “Estou iniciando o meu retorno. Vou fazê-lo a partir de quarta-feira (21) e de qualquer um dos pontos fronteiriços que Honduras tem com a Guatemala, El Salvador e Nicarágua”, afirmou em entrevista publicada no jornal argentino “La Nación”.
A comunidade internacional aumentou a pressão sobre o presidente interino, Roberto Micheletti, para que aceite a proposta de Costa Rica para a resolução da crise política, em meio a advertências de risco de um confronto. Zelaya, expulso do governo por militares no último dia 28 de junho, aceitou a iniciativa do presidente costarriquenho, Óscar Arias, mas Micheletti a rechaçou. “O mediador (Arias) deu 72 horas (até a manhã desta quarta-feira) aos golpistas para aceitarem o mandado da Organização dos Estados Americanos (OEA), que defende a restituição do presidente legítimo”, disse Zelaya.
Zelaya disse que aceita “os sete pontos que o presidente Arias propôs como ponto de partida para um acordo”, mas advertiu que “os que ultrajaram essa mediação foram os golpistas, ao rechaçar o ponto principal propostos por Arias: a restituição presidencial”.
O plano apresentado pela Costa Rica prevê a antecipação das eleições para outubro e a formação de um governo de unidade nacional até 2010.
Quanto às críticas que tem recebido dos EUA por seu papel na crise hondurenha, o presidente deposto disse sentir-se “muito satisfeito com o presidente (Barack) Obama, que tem sido coerente em sua posição de condenar o golpe e apoiar o presidente legitimamente eleito nas urnas”.
Zelaya, que concedeu entrevista por telefone ao “La Nación” desde a embaixada hondurenha em Manágua, disse que o retorno ao seu país se concretizará por “um ponto terrestre, talvez por algum ponto aéreo ou talvez por uma fronteira marítima. As possiblidades são muitas”.
“O povo hondurenho está se mobilizando nas fronteiras para que, quando se cumprir o prazo de 72 horas, possamos entrar por qualquer dos pontos da fronteira mencionados. Só Deus pode impedir o meu regresso meu regresso. E posso assegurar que Deus não está com os golpistas, está do nosso lado. Minha entrada em Tegucigalpa vai ser apoteótica”, disse.
Zelaya disse que “sempre mantém uma janela aberta” para uma saída negociada do conflito, mas sustentou que “o governo de fato não vai ceder” porque “o grupo golpista é uma oligarquia que explorou este país desde décadas atrás e não está pensando em ceder esse poder que ganhou de forma violenta”.
“Qualquer um em Honduras pode ver que esse esse enfrentamento já começou, essa guerra civil. Há sangue correndo sobre a memória dos golpistas”, disse.Analista diz que os dois lados fizeram um golpe
Tanto o líder do governo interino de Honduras, Roberto Micheletti, quanto o presidente deposto Manuel Zelaya cometeram excessos que podem ser considerados golpes.
De um lado, a coalização liderada por Micheletti expulsou um cidadão hondurenho de seu país, em uma manobra para tirá-lo da presidência. Por outro, Zelaya tentava promover um referendo para votar a criação de uma Constituinte que lhe daria a possibilidade de concorrer à reeleição, passando por cima do Congresso e da Justiça. A opinião é do pesquisador Alberto Pfeiffer, do Grupo de Análise de Conjuntura Internacional da USP (Universidade de São Paulo)
fontes: Folha on Line
http://rizzolot.wordpress.com/2009/07/21/honduras-da-72-horas-a-pessoal-da-embaixada-da-venezuela-para-deixar-o-pais/

Pesquisa sobre as fontes de energia

Caros,

Disponibilizei alguns links para ajudar a elaborar a pesquisa de Geografia. Mas fuçando no google tem muita coisa...é só procurar e filtrar.
Bom trabalho:
http://www.ebanataw.com.br/roberto/energia/ener6.htm
http://www.ebanataw.com.br/roberto/energia/ener10.htm
http://www.aondevamos.eng.br/textos/texto01.htm
http://www.suapesquisa.com/o_que_e/energia_solar.htm
http://www.abcdaenergia.com/enervivas/cap05.htm

Vem ai: Viagem ao Conhecimento Fase Regional

Antes de mais nada:
Parabéns a todos os envolvidos nesse fantástico desafio.
Desejo muita sorte a todos no proximo sábado.
Principalmente a Karoline Albukerque do CBEI!!! Força garota!
Bom estou postando algumas informações sobre o procedimento das provas:

Orientações para a realização da segunda prova (Fase Regional)

Prezados educadores, estudantes e pais, seguem algumas orientações importantes:
• Data: 26 de setembro de 2009
• Local: nas 190 escolas-sede regionais
• Horário: os alunos devem comparecer na escola-sede selecionada pelo professor responsável às 9h30. A prova terá início às 10 h e término às 13h (horário de Brasília)
• Documento de identificação: os alunos devem portar RG ou Carteira de Estudante originais ou cópia da Certidão de Nascimento
• Atenção: cabe ao professor responsável de cada escola checar na Área Restrita do site o endereço da escola-sede onde seus alunos farão a prova e orientá-los. O Comitê Gestor não enviará informações por e-mail ou telefone.
* Uniforme: não é obrigatório. Cada escola tem a liberdade de decidir se os seus alunos deverão usar uniforme ou não. É recomendável que os alunos que forem viajar para fazer a prova em outras cidades que o usem ou tenham alguma identificação. Mas essa organização é de total responsabilidade da escola.
* Acompanhamento de pais ou professores: também fica a critério de cada família e de cada escola. Solicitamos às escolas-sede que, se possível, reservem um espaço na escola-sede para acomodar os pais e professores responsáveis que eventualmente acompanharão os estudantes.
Sobre a prova
• Incluindo a página de rosto (com orientações e folha de respostas), a prova tem 12 páginas.
• Ela contém 25 questões de múltipla escolha e uma dissertação, que deve ser escrita na página 2.
• A duração mínima da prova é de uma hora. A máxima, de 3h.
• Material: o estudante só poderá usar lápis, lapiseira, caneta esferográfica azul ou preta, borracha e régua. O uso de calculadora ou qualquer outro aparelho eletrônico, como tocadores de MP3, é proibido.
• Os aparelhos celulares deverão permanecer desligados durante todo o tempo em que o aluno estiver em sala de aula. Mensagens de texto também são proibidas. Não será permitido sair da sala de aula para atender ligações ou fazer chamadas.
• O gabarito com as respostas será divulgado dia 28 de setembro, a partir das 15 horas. Veja Calendário.
• Após entregar a folha de respostas, os alunos poderão levar a prova.

Boa sorte a todos!!!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A questão Honduras vs Zelaya

Para aqueles que acompanham as noticias internacionais é fácil encontrar desde julho/2009 noticias sobre o golpe de Estado feito em Honduras para a retirada do poder do presidente Manuel Zelaya.
Alguns analistas consideram que a retirada de Zelaya do poder foi para manter a democracia do país, ja´que Zelaya tentou combater a democracia alterando a propria constituição.
Para quem acompanha a situação da América Latina não é de hoje que governos populistas como Morales e Chaves tentam a todo custo permanecer no governo derrubando as suas proprias leis com a desculpa de "tirar o país da crise". Honduras seria a proxima?
Zelaya afrontou a Constituição, foi advertido pela Suprema Corte e pelo Congresso. Mesmo assim resolveu ir adiante com seus anseios de mudança que visavam mudar a Constituição para que pudesse se perpetuar no poder. As instituições foram mais fortes. Ele foi removido de seu posto.
Honduras mostrou que pelo menos em algum lugar da América Latina, quem realmente manda é o povo, que fala por meio de suas instituições.

A imigração na França

Clique na imagem para ampliar

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Certificados de Participação

Queridos alunos,

A National Geographic disponibilizou a todos os participantes da 1º fase da Olimpiada um certificado de participação na fase local.
Com toda certeza um incentivo para o proximo ano!
Parabéns!!!