quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Indicação de Filme: 2012

Pacote com a catarse do caos traz de brinde culpa e tristeza
12/11/2009Marcelo Hessel

A alta cúpula já estava preparada para o fim do mundo. Mas o geólogo chega para o presidente dos Estados Unidos e diz que suas contas estavam equivocadas - o cataclisma acontecerá meses antes do que ele previa. O presidente questiona: como assim contas equivocadas? O geólogo não tem o que dizer: "Simplesmente errei".
Então o presidente negro dos EUA, vivido por Danny Glover, se resigna: "Sabe quantas vezes se ouviu aqui na Casa Branca uma pessoa reconhecer que estava errada? Zero". É uma confissão de prepotência que, dada a opção de associar visualmente o presidente fictício com Barack Obama, passa a ecoar questões da Era Bush. O diretor Roland Emmerich destrói o planeta em 2012 para que todos nós perdoemos os EUA, basicamente.
O filme-catástrofe é um subgênero fetichista por excelência, em que a catarse do caos aliena nossos problemas de fato - ao ver o lagarto gigante de Godzilla destruindo Manhattan, por exemplo, os medos da vida real soam prosaicos. O que Emmerich faz em 2012 é combater o componente alienante. É o seu filme mais panfletário e também o que martela mais forte uma mensagem. Para quem já dirigiu patacoadas americanófilas como Soldado Universal, Independence Day e O Patriota, não é pouca coisa.
A trama se faz de premissas consagradas. Acompanhamos o clássico pai divorciado que está tentando reconquistar o afeto dos filhos, interpretado por John Cusack, a metonímia que individualiza para o espectador um drama tão continental que, visto só de cima, perderia um pouco a humanidade. Para que o espectador possa se identificar com cada um dos desastres (vulcões, fissuras tectônicas, maremotos), o pobre John Cusack será forçado a estar presente em cada um deles.
Não é difícil imaginar o final de uma história dessas. O que muda, na forma como Emmerich tonaliza 2012, é o peso. O processo de desalienação do filme-catástrofe leva a um sentimento de culpa generalizado. O presidente se sente culpado por não ter avisado a população do fim. O geólogo se sente culpado porque não vai salvar quem gostaria. O pai do geólogo, que descobrimos ter um histórico de alcoolismo, indica se sentir culpado pela relação que manteve com o filho.
Repare que o personagem de Cusack, um escritor, fala em seu livro sobre abnegação, sobre o dom de entregar a vida pelo próximo, mas seu momento de heroísmo no filme vem atrelado a um sentimento de culpa: "Nós causamos isso".
Todo mundo carrega um remorso, enfim, e o tempo para repará-lo está encurtando. Como 2012 se constitui de um mosaico de vidas efêmeras - antes de se apegar às pessoas Emmerich está mais interessado em tornar plausível o colapso do planeta, vide a animação infantil criada pelo personagem de Woody Harrelson - o jeito é recorrer à redenção express. O tempo de tela de cada personagem é mínimo, então trate de aproveitar para pedir suas desculpas e, se for o caso, fazer suas preces.
Não achei que fosse usar esse adjetivo aqui, mas 2012 é um filme... triste. E diante de toda esse pesar surge como um alívio a cena em que a bibelô russa tenta salvar a vida de seu pequinês. O maior maremoto de todos os tempos vai cobrir o diabo do Himalaia e somos obrigados a torcer por um cachorro... Essa cena é o que nos traz de volta o senso de absurdo de 2012, e naquele respiro Emmerich parece entender, nem que seja por um minuto, que o gênero no qual ele se especializou às vezes se leva a sério demais.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Dia da Consciência Negra

No Brasil cogita-se na existência de mais de 3 mil quilombos, desde a chegada dos escravos africanos e nos dias atuais. Temos uma conscientização da importância da participação do negro na construção do país, sendo estruturada de várias maneiras. De um ato impositivo do 13 de maio para o início da construção do vinte de novembro, em 1971 e o primeiro decreto de feriado do 20 de novembro em uma cidade, no início do século XXI. Do direito do negro estudar até a criação da lei 10.639/2003, obrigatoriedade do ensino da história da África e da cultura afro-brasileira é um período longo de lutas.Isto é uma pequena amostra que a semente da nossa cultura é muito forte, resistente e aos poucos as pessoas vão percebendo que não adianta negar o que já esta introjetado. E quanta mais as pessoas se derem conta disto, mais felizes se tornarão e o Brasil vai reconhecer seus verdadeiros valores com orgulho.Sempre ajudamos este pais a crescer e continuaremos a ajudar quebrando paradigmas, dando cor, vida, ginga, ritmos, tecnologia, tempero e muito mais.
Viva o Brasil e o planeta Terra!!!!
fonte: http://www.portalafro.com.br/

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Trabalho Consciência Negra - atualizado 18/11

Queridos,

Conforme prometido segue alguns sites que podem ajudar no trabalho de pesquisa.
Beijos e bom feriado!

Alunos do 9º ano
http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2005/10/25/ult1766u12757.jhtm
http://www.educafro.org.br/
http://www.klepsidra.net/klepsidra16/cotas.htm
http://www.ufpa.br/beiradorio/arquivo/beira12/noticias/noticia5.htm
http://www.comciencia.br/reportagens/negros/06.shtml

Alunos do 8º ano
http://www.sidneyrezende.com/noticia/23385
http://www.neilopes.blogger.com.br/2005_09_01_archive.html
http://historia.abril.com.br/
http://africaeafricanidades.wordpress.com/category/personalidades-afro-descendentes/
http://www.bv.fapesp.br/dissertacoes-teses/2828/molestia-cor-construcao-identidade-social-lima/
http://www.culturabrasil.org/limabarreto.htm

Alunos do 7º ano
http://www.religiosidadepopular.uaivip.com.br/congadorigem.htm
http://www.infoescola.com/folclore/congado/
http://www.rosanevolpatto.trd.br/DIVINO1.html
http://www.infopedia.pt/$lundum
www.rosanevolpatto.trd.br/dancabatuque.htm
http://todasaspalavras.com/word/jegued%C3%AA/
www.dancasafricanas.com/
www.espacoacademico.com.br/050/50clopes.htm
http://dofonodeoxum.blogspot.com/2009/03/influencia-africana-na-musica_19.html
http://www.portalafro.com.br/modario.htm

Alunos 6º ano
http://www.overmundo.com.br/overblog/acara-parte-2
http://www.overmundo.com.br/overblog/acara-parte-1
http://viajeaqui.cvconline.com.br/destinos/salvador/curiosidades.asp
http://soteropolitanosculturaafro.wordpress.com/2007/10/30/acara
http://www.receita/brasil.com/como-fazer-acaraje
http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/escolas/montecristo/04raca/raca01.htm
http://www.portalafro.com.br/
www.saudeintegral.com/artigos/abara.html
http://bloguete.wordpress.com/2009/02/19/efo-uma-cronica-culinaria/
http://www.pobrevirtual.com.br/default/receitasdesc.php?rec_codigo=1916
http://mundodesabores.com.br/receitas/vatapa
http://www.overmundo.com.br/overblog/acara-parte-1
http://www.copacabanarunners.net/culinaria-africana.html

Para todas as turmas:
http://eudesenholetras.wordpress.com/tag/influencia-africana-na-cultura-do-brasil/
http://www.pierreverger.org/fpv/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1
http://www.museuafrobrasil.com.br/exposicoes.asp
http://www.saltur.salvador.ba.gov.br/Template.asp?Nivel=000100090003&IdEntidade=3618 http://educacao.uol.com.br/folclore/ult1687u24.jhtm
http://www.portalafro.com.br/

Esses links são apenas um caminho..tem muito mais pesquisando na net!

sábado, 31 de outubro de 2009

Halloween

A palavra Halloween tem origem na Igreja católica, sua tradição vem através dos anos a comemoração do dia 1 de novembro - O dia de Todos os Santos - . Mas, no século V DC, na Irlanda Céltica, o verão oficialmente se concluía em 31 de outubro. O feriado era Samhain, o Ano novo céltico. Alguns bruxos acreditam que a origem do nome vem da palavra hallowinas - nome dado às guardiãs femininas do saber oculto das terras do norte (Escandinávia).
Na Europa, o Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-novo. Celebra também o final da terceira e última colheita do ano, o início do armazenamento de provisões para o inverno, o início do período de retorno dos rebanhos do pasto e a renovação de suas leis. Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Mas o que ficou mesmo foi o escocês Hallowe'en.
Uma das lendas de origem celta fala que os espíritos de todos que morreram ao longo daquele ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar pelo próximo ano. Os celtas acreditavam ser a única chance de vida após a morte. Os celtas acreditaram em todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturassem com o dos vivos.
Como os vivos não queriam ser possuídos, na noite do dia 31 de outubro, apagavam as tochas e fogueiras de suas casa, para que elas se tornassem frias e desagradáveis, colocavam fantasias e ruidosamente desfilavam em torno do bairro, sendo tão destrutivos quanto possível, a fim de assustar os que procuravam corpos para possuir.
Os Romanos adotaram as práticas célticas, mas no primeiro século depois de Cristo, eles as abandonaram.
O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passa ser conhecido como o Dia das Bruxas.
A lenda de Jack O´Lantern
A vela na abóbora provavelmente tem sua origem no folclore irlandês. Um homem chamado Jack, um alcoólatra grosseiro, em um 31 de outubro bebeu excessivamente e o diabo veio levar sua alma. Desesperado, Jack implora por mais um copo de bebida e o diabo concede. Jack estava sem dinheiro para o último trago e pede ao Diabo que se transforme em uma moeda. O Diabo concorda. Mal vê a moeda sobre a mesa, Jack guarda-a na carteira, que tem um fecho em forma de cruz. Desesperado, o Diabo implora para sair e Jack propõe um trato: libertá-lo em troca de ficar na Terra por mais um ano inteiro. Sem opção, o Diabo concorda. Feliz com a oportunidade, Jack resolve mudar seu modo de agir e começa a tratar bem a esposa e os filhos, vai à igreja e faz até caridade. No próximo ano, na noite de 31 de outubro, Jack está indo para casa quando o Diabo aparece. Jack, esperto como sempre, convence o diabo a pegar uma maçã de uma árvore. O diabo aceita e quando sobe no primeiro galho, Jack pega um canivete em seu bolso e desenha uma cruz no tronco. O diabo promete partir por mais dez anos. Sem aceitar a proposta, Jack ordena que o diabo nunca mais o aborreça. O diabo aceita e Jack o liberta da árvore.
Para seu azar, um ano mais tarde, Jack morre. Tenta entrar no céu, mas sua entrada é negada. Sem alternativa, vai para o inferno. O diabo, ainda desconfiado e se sentindo humilhado, também não permite sua entrada. Mas, com pena da alma perdida, o diabo joga uma brasa para que Jack possa iluminar seu caminho pelo limbo. Jack põe a brasa dentro de um nabo para que dure mais tempo e sai perambulando. Os nabos na Irlanda eram usados como seu "lanternas do Jack" originalmente. Mas quando os imigrantes vieram para a América, eles acharam que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. Então Jack O'Lantern (Jack da Lanterna). na América passa a ser uma abóbora, iluminada com uma brasa.
Sua alma penada passa a ser conhecida como Jack O'Lantern (Jack da Lanterna). Quem presta atenção vê uma luzinha fraca na noite de 31 de outubro. É Jack, procurando um lugar.

As Bruxas
As bruxas têm papel importantíssimo no Halloween. Não é à toa que ela é conhecida como "Dia das Bruxas" em português. Segundo várias lendas, as bruxas se reuniam duas vezes por ano, durante a mudança das estações: no dia 30 de abril e no dia 31 de outubro. Chegando em vassouras voadoras, as bruxas participavam de uma festa chefiada pelo próprio Diabo. Elas jogavam maldições e feitiços em qualquer pessoa, transformavam-se em várias coisas e causavam todo tipo de transtorno.
Diz-se também que para encontrar uma bruxa era preciso colocar suas roupas do avesso e andar de costas durante a noite de Halloween. Então, à meia-noite, você veria uma bruxa!
A crença em bruxas chegou aos Estados Unidos com os primeiros colonizadores. Lá, elas se espalharam e misturaram-se com as histórias de bruxas contadas pelos índios norte-americanos e, mais tarde, com as crenças na magia negra trazidas pelos escravos africanos.
O gato preto é constantemente associado às bruxas. Lendas dizem que bruxas podem transformar-se em gatos. Algumas pessoas acreditavam que os gatos eram os espíritos dos mortos. Muitas superstições estão associadas aos gatos pretos. Uma das mais conhecidas é a de que se um gato preto cruzar seu caminho, você deve voltar pelo caminho de onde veio, pois se não o fizer, é azar na certa.

Halloween pelo mundo

A festa de Halloween, na verdade, equivale ao Dia de Todos os Santos e o Dia de Finados, como foi absorvido pela Igreja Católica para apagar os vínculos pagãos, origem da festa. Os países de origem hispânica comemoram o Dia dos Mortos e não o Halloween. No Oriente, a tradição é ligada às crenças populares de cada país.

Espanha
Como no Brasil, comemora-se o Dia de Todos os Santos em 1º de novembro e Finados no dia seguinte. As pessoas usam as datas para relembrar os mortos, decorando túmulos e lápides de pessoas que já faleceram.

Irlanda
A Irlanda é considerada como o país de origem do Halloween. Nas áreas rurais, as pessoas acedem fogueiras, como os celtas faziam nas origens da festa e as crianças passeiam pelas ruas dizendo o famoso “tricks or treats” (doces ou travessuras).

México
No dia 1º comemora-se o Dia dos Anjinhos, ou Dia dos Santos Inocentes, quando as crianças mortas antes do batismo são relembradas.
O Dia dos Mortos (El Dia de los Muertos), 2 de novembro, é bastante comemorado no México. As pessoas oferecem aos mortos aquilo que eles mais gostavam: pratos, bebidas, flores. Na véspera de Finados, família e amigos enfeitam os túmulos dos cemitérios e as pessoas comem, bebem e conversam, esperando a chegada dos mortos na madrugada.
Uma tradição bem popular são as caveiras doces, feitas com chocolate, marzipã e açúcar.

Alguns significados simbólicos

- a abóbora: simboliza a fertilidade e a sabedoria
- a vela: indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral.
- o caldeirão: fazia parte da cultura - como mandaria a tradição. Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos.
- a vassoura: simboliza o poder feminino que pode efetuar a limpeza da eletricidade negativa.
- as moedas: devem ser recolhidas no final da festa para serem doadas aos necessitados.
- os bilhetes com os pedidos, devem ser incinerados para que os pedidos sejam mais rapidamente atendidos, pois se elevarão através da fumaça.
- a aranha - simboliza o destino e o fio que tecem suas teias, o meio, o suporte para seguir em frente.
- o morcego - simbolizam a clarividência, pois que vêem além das formas e das aparências, sem necessidades da visão ocular. Captam os campos magnéticos pela força da própria energia e sensibilidade.
- o sapo - está ligado à simbologia do poder da sabedoria feminina, símbolo lunar e atributo dos mortos e de magia feminina.
- gato preto - símbolo da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade. Plena harmonia com o Unirverso

Cores:

Laranja - cor da vitalidade e da energia que gera força. Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para o Ano Novo, espíritos de outros planos se aproximavam dos vivos para vampirizar a energia vital encontrada na cor laranja.

Preto - cor sacerdotal das vestes de muitos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes em geral. Cor do mestre.

Roxo - cor da magia ritualística.

Fontes:

Guia dos curiosos http://www.guiadoscuriosos.com.br/
http://ilove.terra.com.br/lili/palavrasesentimentos/halloween_historia.asp

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

EVENTO: “MEMÓRIAS INSUBMISSAS: Mulheres, Ditaduras militares, Anistia”

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
EVENTO: “MEMÓRIAS INSUBMISSAS: Mulheres, Ditaduras militares, Anistia”

Data: dia 29/10/09 – manhã e tarde
Local: Auditório II – IFCH

PROGRAMAÇÃO

10.00hs - Abertura –- Dra. Margareth Rago (UNICAMP) e Dra. Nádia Farage (Diretora do IFCH/UNICAMP)
10.30 - 12.00 - Mesa 1 –– Coord: Ana Carolina de T. Murgel (doutoranda/UNICAMP)
Maria Amélia de Almeida Teles (União de Mulheres de São Paulo) – “30 anos de anistia, 30 anos de busca da verdade e da justiça”
Dra. Rachel Soihet (UFF) - “Cisões, Alianças e Sucessos dos Feminismos no Rio de Janeiro. Anos 1970-1980”
Dra. Graciela Sapriza (Universidad de La Republica - Uruguai) - “Narrar después: memoria de mujeres sobre la violencia política en Uruguay, 1970-1985".
14hs – Exposição virtual do Arquivo Edgard Leuenroth (AEL/UNICAMP) - “A Luta pela Anistia - 30 anos”
14.30 -16.00 - Mesa 2 - Coord.: Rosa Maria Giatti (doutoranda/ UNICAMP)
Criméia Alice Schmidt de Almeida Grabois (União de Mulheres de São Paulo) – “Anistia, passado e presente”
Dra. Rosalina de Santa Cruz Leite (PUC/SP) – “Memórias da dor, memórias da violência”
Dra. Margareth Rago (UNICAMP) – “As mulheres e a coragem da verdade”
16.30 -18.00 - Mesa 3 - Coord. Luana S. Tvardovskas (doutoranda/UNICAMP)
Dra. Yolanda (Danda) Prado (Editora Brasiliense) – “Da imprevisibilidade”
Dra. Maria Lygia Quartim (UNICAMP) - “O feminismo político do século XXI”
Dra. Susel Oliveira da Rosa (UNICAMP) - “Devir-nômade feminista”


PROMOÇÃO
Programa de Pós Graduação em História – IFCH/ UNCAMP
Organização: Profa. Dra. Margareth Rago
Apoio Técnico: Secretaria de Eventos do IFCH
Arquivo Edgard Leuenroth da UNICAMP
Núcleo de Estudos Estratégicos (NEE) da UNICAMP

História da população negra no Brasil

História da população negra no Brasil*

Com Carlos Eduardo Machado**

Local: Jardim Miriam Arte Clube – JAMAC, Rua Maria Balades Correa, 08, Jardim Miriam, São Paulo.
Data: 31 de outubro de 2009 (sábado)
Horário: a partir das 17hs


*A palestra de história da população negra no Brasil, que volta a ser maioria oficial no país desde o final de 2008, tem por objetivo central a reflexão do legado dos africanos para o Brasil desde o século 16, sua inserção social e civilizacional nos marcos temporais: colônia, monarquia e república. Traça-se um panorama sobre o papel da mídia e do cinema na construção do imaginário sobre a população africana-brasileira.

**Carlos Eduardo Dias Machado é graduado, licenciado e mestrando em História Social pela Universidade de São Paulo - USP e alumni do Programa Internacional de Bolsas de Pós-Graduação da Fundação Ford (International Fellowships Program - IFP). Ativista do movimento negro desde 1988 é autor de livros e artigos.




--
Lili Souza

“... Aprendemos que todos os povos da terra são parentes, só a cor da pele difere. O ser humano é um só – somos todos criação da terra, de um só coração, um só povo.”
D. Kapenawa Yanomami

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

I Seminário Latino-americano de Povos Indígenas e Direitos Humanos da USP – 9 e 10 de novembro (EACH)

O I Seminário Latino-americano de Povos Indígenas e Direitos Humanos da USP acontece nos dias 9 e 10 de novembro na Escola de Artes Ciências e Humanidades no campus da zona leste da capital.
O objetivo da evento é ampliar os debates sobre Direitos Indígenas no continente. No evento, serão analisados os modelos de políticas multiculturais, os Estados Plurinacionais, a nova normatividade internacional, bem como o desenvolvimento dos movimentos indígenas na América Latina.
Entre os participantes, há personalidades que têm se destacado na construção e na análise teórica da cidadania indígena, como: Dalmo de Abreu Dallari, professor emérito da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, onde também foi Diretor, ex-professor catedrático e vice-coordenador na UNESCO da cadeira de Educação para a Paz, Direitos Humanos e Democracia e Tolerância; Rodolfo Stavenhagen, sociólogo mexicano, professor emérito e pesquisador de El Colegio de México, em 2001 foi nomeado o primeiro Relator Especial para os Direitos Humanos dos Povos Indígenas pela ONU onde ficou até 2007 e Luis Tapia Mealla, coordenador do doutorado em Ciências do Desenvolvimento, no Programa de pós-graduação em Ciências de Desenvolvimento da Universidad Mayor de San Andrés, La Paz (Bolívia), programa realizado em colaboração internacional com a UNAM. Nos últimos anos tem se dedicado na interpretação da sociedade boliviana à luz da presença indígena no governo.
O I Seminário Latino-americano de Povos Indígenas e Direitos Humanos da USP forma parte das atividades da Pró-reitoria de Cultura e Extensão Universitária. A iniciativa foi desenvolvida pelo Observatório Interdisciplinar de Políticas Públicas em parceria com a Associação Nacional de Direitos Humanos (ANDHEP) . Participam também da organização do evento um grupo de pesquisadores da Universidade Autônoma do México e da Universidade Pedagógica Nacional, ambas no México, e do Centro de Investigación Bartolomé de las Casas, no Peru e do e o Programa-de Pós Graduação em Integração da América Latina (PROLAM)
O evento é aberto para a participação do público em geral. Os interessados em receber certificado deverão realizar sua inscrição no site: http://direitos-indigenas.wikidot.com/,
e ter presença em todas as atividades.
I Seminário Latino-americano de Povos Indígenas e Direitos Humanos da USP.
Dias 9 e 10 de novembro de 2009 das 14h30 às 22h.
Escola de Artes Ciências e Humanidades da USP
Rua Arlindo Béttio, 1000 - Ermelino Matarazzo. Acesso da passarela da estação de trem USP Leste, linha F (Brás - Calmon Viana).

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Feira do Conhecimento


O CBEI todos os anos apresenta a Feira do Conhecimento que tem por objetivo desenvolver as competências e habilidades do aluno em determinado tema.
Este ano o colégio optou por trabalhar com as decadas de 50,60,70,80,90 e 2000 e cada professor desenvolveu o seu tema.

O tema orientado por mim foi "As transformações da sociedade contemporânea: um olhar através dos comerciais para tv". Nosso objetivo era mostrar a todos os presentes como a nossa sociedade evoluiu nesse periodo e o maior reflexo se deu nos comerciais feitos para a TV.



Durante as apresentações foram apresentados comerciais que marcaram época como a dos Cobertores Parahyba, Café Seleto entre outros.

Ao longo da semana vou colocando os temas das outras salas.
Espero que vocês gostem!
Beijos
Profª Viviane







Vida e obra dos filósofos

Queridos alunos,

Para ajudar na pesquisa segue alguns links que valem a leitura, mas lembre-se leia e coloque aquilo que você entendeu. Ctrl c Ctrl v não vale!
http://www.mundodosfilosofos.com.br/socrates.htm
http://www.pensador.info/p/a_vida_do_filosofo_aristoteles_vida_e_obra/1/
http://www.mundodosfilosofos.com.br/platao.htm
http://www.mundodosfilosofos.com.br/aristoteles.htm

Muro de Berlim: o boom do turismo 20 anos após a queda

Há duas décadas o Muro de Berlim se esfacelava. Com ele, ruía também a divisão entre as duas Alemanhas, saldo nefasto da Segunda Guerra. Hoje, o antigo setor oriental da cidade é visitado por milhares de turistas. De certa forma, o momunismo entrou na "moda". Confira reportagem publicada na revista Viagem&Turismo de outubro.
Fonte: http://www.viagemdoconhecimento.com.br/novidades/historia/muro-de-berlim-o-boom-do-turismo-20-anos-apos-a-queda.php
Site: http://viajeaqui.abril.com.br/vt/materias/vt_materia_500552.shtml

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Conheça os finalistas do Desafio National Geographic 2009

O Comitê Gestor informa abaixo a relação dos 20 estudantes finalistas do Desafio National Geographic 2009. Além dos alunos, também participarão da fase final do concurso, que irá se realizar entre os dias 12 e 15 de novembro, um acompanhante (que pode ser o pai, a mãe ou outra pessoa indicada pela família) e o professor responsável pelo desenvolvimento das atividades referentes ao Desafio na escola onde o aluno estuda.
Aproveitamos a oportunidade para agradecer os quase 276 mil alunos que, desde a primeira prova em agosto, participaram desta Viagem do Conhecimento. Queremos também enviar um agradecimento especial aos educadores das 4.823 escolas de todo o Brasil que se inscreveram e participaram voluntariamente do concurso.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

A dança dos Signos e Noturno


clique na imagem para ampliar


Duas indicações que são as mais preciosas deste ano. São duas peças da Oficina dos Menestréis do Grupo do Oswaldo Montenegro. A dança dos Signos e Noturno.

40 ANOS DA AÇÃO DA CAPTURA DO EMBAIXADOR AMERICANO

3 de outubro de 2009, das 14h às 17h30
Memorial da Resistência de São Paulo – Largo General Osório, 66 – Luz

EXIBIÇÃO DO FILME “HERCULES 56” E DEBATE
Uma das ações mais espetaculares da guerrilha urbana brasileira, que lutou contra a
ditadura militar após o golpe de 1964, foi a captura do embaixador americano
Charles Elbrick e sua libertação em troca da leitura em cadeia de rádio e TV
nacional de um manifesto denunciando o regime de violência existente e a libertação
de 15 presos políticos.
Esse episódio que causou na época comoção mundial foi objeto de muitas
discussões entre os grupos da resistência brasileira e foi tema de vários livros, filmes
e artigos, uma vez conquistada a redemocratização.
O filme que melhor retrata essa audaciosa ação revolucionária, exibido em circuito
comercial, tem o título “Hercules 56” (tipo e número do avião que transportou os
militantes liberados dos cárceres). Realizado pelo cineasta Silvio Da Rin, coloca
numa mesa redonda vários personagens que realizaram aquela ação e discute
abertamente sobre a sua validade.
Para debater sobre esse filme, o Núcleo de Preservação da Memória Política do
Fórum Permanente de Ex-Presos e Perseguidos Políticos de São Paulo e o
Memorial da Resistência de São Paulo convidam para a exibição do filme e um
debate com Manoel Cyrillo de Oliveira Netto, um dos guerrilheiros que participaram
da ação que desafiou a ditadura militar.
Programa:
14h – 14h15: Apresentação/Coordenação:
Katia Felipini – Memorial da Resistência de São Paulo
Ivan Seixas – Jornalista, ex-preso político – Diretor do Núcleo de Preservação da Memória Política
e do Fórum de Ex-Presos e Perseguidos Políticos de São Paulo
14h15 –15:45: Exibição do Filme
16:00 –17:00: Debate com Manoel Cyrillo de Oliveira Netto
17:00 –17:30: visita ao Memorial da Resistência de São Paulo
O Sábado Resistente é promovido pelo Núcleo de Preservação da Memória Política do Fórum dos
Ex-Presos e Perseguidos Políticos de São Paulo e pelo Memorial da Resistência de São Paulo. É o
espaço de discussão entre companheiros combatentes de ontem e de hoje, pesquisadores,
estudantes e interessados para o debate sobre temas ligados às lutas contra a repressão, em
especial à resistência ao regime militar, implantado com o golpe de Estado de 1964. Nossa
preocupação é estimular a discussão e o aprofundamento dos conceitos de Liberdade, Igualdade e Democracia, fundamentais ao Ser Humano em busca de sua libertação.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Museu Afro: Nova exposição


Clique na imagem para ampliar

Premição: Viagem ao Conhecimento

E não foi a Karol que recebeu certificado:
Com vocês os 4º melhores resultados todos aluno do 8º ano (antiga 7º série)
2º Colocada: Bianca Cruz

















3º Colocada: Gabriela Nogueira












4º Colocada: Carolina Barros- Que fez a prova sob protesto -


















5º Colocado: Lucas Matheus
















Boa sorte galera!!! 2010 Estamos lá!!!

Premiação: Viagem ao Conhecimento

Ontem aconteceu no CBEI uma cerimonia de premiação com os certificados para os participantes com os melhores resultados no Desafio Viagem ao Conhecimento:
Karoline Albukerque Silva ficou em 1º lugar e recebeu dois certificados. A Karol aproveitou para contar a experiência de fazer uma prova desse porte em um lugar totalmente desconhecido e com pessoas que estão em plena competição. Além disso o tempo se mostrou um grande vilão, mas com toda certeza ela já aprendeu a lidar com ele nas proximas etapa!






A Karol ainda recebeu mais um certificado pela participação na 2º fase




Estamos todos torcendo para você avançar a 3º fase!!!
Força Karol!

sábado, 26 de setembro de 2009

Gabarito : Viagem do Conhecimento

Divulgação do gabarito será dia 9/10
O Comitê Gestor informa que o gabarito da segunda prova (fase regional) será divulgado dia 9 de outubro a partir das 15 h (horário de Brasília).

Coordenadores das sedes regionais, não se esqueçam do prazo para enviar os gabaritos para São Paulo. Eles devem ser enviados até o dia 2 de outubro. Após essa data, os gabaritos não serão aceitos. É importante enviar os gabaritos o quanto antes, o que facilitará o processo de correção das provas em São Paulo. Se houver alguma dúvida, consultem as Orientações que foram enviadas a todas as escolas-sede regionais. Aproveitamos para agradecer mais uma vez o envolvimento e dedicação de todas as pessoas que participaram da organização da fase regional do II Desafio National Geographic. A todos, nosso muito obrigado.

Visite nosso blog e manifeste sua opinião sobre a prova.

http://www.viagemdoconhecimento.com.br/blog/como-voce-avalia-a-prova-regional.php

Para esclarecer dúvidas, consulte o Calendário e o Regulamento.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Entenda a questão de Honduras

A expulsão:



Honduras dá 72 horas a pessoal da embaixada da Venezuela para deixar o país
21/07/2009 — rizzolot

O governo interino de Honduras deu nesta terça-feira um prazo de 72 horas a funcionários da embaixada da Venezuela para deixarem o país “por ameaças feitas ao governo de uso da força, assim como a intromissão em assuntos exclusivos e o desrespeito à integridade” hondurenha, informou a chancelaria de Tegucigalpa.
Carta assinada pela vice-chanceler Martha Lorena Casco dirigida ao embaixador da Venezuela, Armando Luna, pede “a retirada em 72 horas do pessoal diplomático, administrativo, técnico e de serviços da missão da Venezuela.
O governo de Caracas assim como o restante da comunidade internacional não reconhecem o governo de Roberto Micheletti.
Em reciprocidade, a chancelaria hondurenha “está retirando todos seus funcionários da embaixada de Tegucigalpa em Caracas”, diz a nota.
Tudo isso por que Hugo Chaves fez um comentario a favor de Zelaya no poder.

A tentativa de retorno:
Zelaya promete volta “apoteótica”
O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, disse que a “guerra civil já começou” em seu país. Ele ainda afirmou que está disposto a regressar a Honduras e que sua entrada na capital Tegucigalpa será “apoteótica”. “Estou iniciando o meu retorno. Vou fazê-lo a partir de quarta-feira (21) e de qualquer um dos pontos fronteiriços que Honduras tem com a Guatemala, El Salvador e Nicarágua”, afirmou em entrevista publicada no jornal argentino “La Nación”.
A comunidade internacional aumentou a pressão sobre o presidente interino, Roberto Micheletti, para que aceite a proposta de Costa Rica para a resolução da crise política, em meio a advertências de risco de um confronto. Zelaya, expulso do governo por militares no último dia 28 de junho, aceitou a iniciativa do presidente costarriquenho, Óscar Arias, mas Micheletti a rechaçou. “O mediador (Arias) deu 72 horas (até a manhã desta quarta-feira) aos golpistas para aceitarem o mandado da Organização dos Estados Americanos (OEA), que defende a restituição do presidente legítimo”, disse Zelaya.
Zelaya disse que aceita “os sete pontos que o presidente Arias propôs como ponto de partida para um acordo”, mas advertiu que “os que ultrajaram essa mediação foram os golpistas, ao rechaçar o ponto principal propostos por Arias: a restituição presidencial”.
O plano apresentado pela Costa Rica prevê a antecipação das eleições para outubro e a formação de um governo de unidade nacional até 2010.
Quanto às críticas que tem recebido dos EUA por seu papel na crise hondurenha, o presidente deposto disse sentir-se “muito satisfeito com o presidente (Barack) Obama, que tem sido coerente em sua posição de condenar o golpe e apoiar o presidente legitimamente eleito nas urnas”.
Zelaya, que concedeu entrevista por telefone ao “La Nación” desde a embaixada hondurenha em Manágua, disse que o retorno ao seu país se concretizará por “um ponto terrestre, talvez por algum ponto aéreo ou talvez por uma fronteira marítima. As possiblidades são muitas”.
“O povo hondurenho está se mobilizando nas fronteiras para que, quando se cumprir o prazo de 72 horas, possamos entrar por qualquer dos pontos da fronteira mencionados. Só Deus pode impedir o meu regresso meu regresso. E posso assegurar que Deus não está com os golpistas, está do nosso lado. Minha entrada em Tegucigalpa vai ser apoteótica”, disse.
Zelaya disse que “sempre mantém uma janela aberta” para uma saída negociada do conflito, mas sustentou que “o governo de fato não vai ceder” porque “o grupo golpista é uma oligarquia que explorou este país desde décadas atrás e não está pensando em ceder esse poder que ganhou de forma violenta”.
“Qualquer um em Honduras pode ver que esse esse enfrentamento já começou, essa guerra civil. Há sangue correndo sobre a memória dos golpistas”, disse.Analista diz que os dois lados fizeram um golpe
Tanto o líder do governo interino de Honduras, Roberto Micheletti, quanto o presidente deposto Manuel Zelaya cometeram excessos que podem ser considerados golpes.
De um lado, a coalização liderada por Micheletti expulsou um cidadão hondurenho de seu país, em uma manobra para tirá-lo da presidência. Por outro, Zelaya tentava promover um referendo para votar a criação de uma Constituinte que lhe daria a possibilidade de concorrer à reeleição, passando por cima do Congresso e da Justiça. A opinião é do pesquisador Alberto Pfeiffer, do Grupo de Análise de Conjuntura Internacional da USP (Universidade de São Paulo)
fontes: Folha on Line
http://rizzolot.wordpress.com/2009/07/21/honduras-da-72-horas-a-pessoal-da-embaixada-da-venezuela-para-deixar-o-pais/

Pesquisa sobre as fontes de energia

Caros,

Disponibilizei alguns links para ajudar a elaborar a pesquisa de Geografia. Mas fuçando no google tem muita coisa...é só procurar e filtrar.
Bom trabalho:
http://www.ebanataw.com.br/roberto/energia/ener6.htm
http://www.ebanataw.com.br/roberto/energia/ener10.htm
http://www.aondevamos.eng.br/textos/texto01.htm
http://www.suapesquisa.com/o_que_e/energia_solar.htm
http://www.abcdaenergia.com/enervivas/cap05.htm

Vem ai: Viagem ao Conhecimento Fase Regional

Antes de mais nada:
Parabéns a todos os envolvidos nesse fantástico desafio.
Desejo muita sorte a todos no proximo sábado.
Principalmente a Karoline Albukerque do CBEI!!! Força garota!
Bom estou postando algumas informações sobre o procedimento das provas:

Orientações para a realização da segunda prova (Fase Regional)

Prezados educadores, estudantes e pais, seguem algumas orientações importantes:
• Data: 26 de setembro de 2009
• Local: nas 190 escolas-sede regionais
• Horário: os alunos devem comparecer na escola-sede selecionada pelo professor responsável às 9h30. A prova terá início às 10 h e término às 13h (horário de Brasília)
• Documento de identificação: os alunos devem portar RG ou Carteira de Estudante originais ou cópia da Certidão de Nascimento
• Atenção: cabe ao professor responsável de cada escola checar na Área Restrita do site o endereço da escola-sede onde seus alunos farão a prova e orientá-los. O Comitê Gestor não enviará informações por e-mail ou telefone.
* Uniforme: não é obrigatório. Cada escola tem a liberdade de decidir se os seus alunos deverão usar uniforme ou não. É recomendável que os alunos que forem viajar para fazer a prova em outras cidades que o usem ou tenham alguma identificação. Mas essa organização é de total responsabilidade da escola.
* Acompanhamento de pais ou professores: também fica a critério de cada família e de cada escola. Solicitamos às escolas-sede que, se possível, reservem um espaço na escola-sede para acomodar os pais e professores responsáveis que eventualmente acompanharão os estudantes.
Sobre a prova
• Incluindo a página de rosto (com orientações e folha de respostas), a prova tem 12 páginas.
• Ela contém 25 questões de múltipla escolha e uma dissertação, que deve ser escrita na página 2.
• A duração mínima da prova é de uma hora. A máxima, de 3h.
• Material: o estudante só poderá usar lápis, lapiseira, caneta esferográfica azul ou preta, borracha e régua. O uso de calculadora ou qualquer outro aparelho eletrônico, como tocadores de MP3, é proibido.
• Os aparelhos celulares deverão permanecer desligados durante todo o tempo em que o aluno estiver em sala de aula. Mensagens de texto também são proibidas. Não será permitido sair da sala de aula para atender ligações ou fazer chamadas.
• O gabarito com as respostas será divulgado dia 28 de setembro, a partir das 15 horas. Veja Calendário.
• Após entregar a folha de respostas, os alunos poderão levar a prova.

Boa sorte a todos!!!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A questão Honduras vs Zelaya

Para aqueles que acompanham as noticias internacionais é fácil encontrar desde julho/2009 noticias sobre o golpe de Estado feito em Honduras para a retirada do poder do presidente Manuel Zelaya.
Alguns analistas consideram que a retirada de Zelaya do poder foi para manter a democracia do país, ja´que Zelaya tentou combater a democracia alterando a propria constituição.
Para quem acompanha a situação da América Latina não é de hoje que governos populistas como Morales e Chaves tentam a todo custo permanecer no governo derrubando as suas proprias leis com a desculpa de "tirar o país da crise". Honduras seria a proxima?
Zelaya afrontou a Constituição, foi advertido pela Suprema Corte e pelo Congresso. Mesmo assim resolveu ir adiante com seus anseios de mudança que visavam mudar a Constituição para que pudesse se perpetuar no poder. As instituições foram mais fortes. Ele foi removido de seu posto.
Honduras mostrou que pelo menos em algum lugar da América Latina, quem realmente manda é o povo, que fala por meio de suas instituições.

A imigração na França

Clique na imagem para ampliar

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Certificados de Participação

Queridos alunos,

A National Geographic disponibilizou a todos os participantes da 1º fase da Olimpiada um certificado de participação na fase local.
Com toda certeza um incentivo para o proximo ano!
Parabéns!!!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Palestra hoje!!!

Clique na imagem para ampliar:

Palestra: Prelúdio para o Capital

O Evento “Prelúdio para o Capital”, a ser realizado no Auditório do Museu Paulista da USP, no próximo dia 27 de agosto, a partir das 15 horas, articula uma mesa de debates e a abertura de mostra temporária.
A mesa de debates será composta pelo Prof. Dr. Modesto Florenzano (professor do Departamento de História da USP e atual vice-diretor da FFLCH/USP) e pela Profa. Dra. Marisa Midore Deaecto (professora da Escola de Comunicações e Artes da USP).
A proposta é a de relembrar os 150 anos da obra Contribuição para a crítica da economia política, escrita por Karl Marx(1859), discutindo aspectos e significados do pensamento marxista. Ao mesmo tempo, será aberta uma mostra temporária, dedicada ao tema, explorando-se parte do acervo da Biblioteca Edgard Carone, pertencente ao Museu Republicano Convenção de Itu, que reúne diversas edições de O Capital e outras obras de Marx.
Grátis
Inscrições: 2065-8075
Vagas: 50

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

1969 versus 2009

Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.



"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"


Passe adiante!


Precisamos começar JÁ!



Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive...

Colóquio Internacional

Clique na Imagem para ampliar

Comunicado Importante – C.B.E.I

POR FAVOR, LEIAM O COMUNICADO DO INÍCIO AO FIM
Senhores pais, em primeiro lugar sejam bem vindos ao segundo semestre letivo de 2009.
Ciente das notícias alarmantes em relação à saúde publica tomamos a iniciativa de enviar uma Circular para que saibam da nossa preocupação e fiquem cientes também dos procedimentos que tomaremos daqui para frente.
Uma nova versão da gripe causada pelo Vírus H1N1 (Influenza A), chamada de Gripe A está causando segundo dados do Ministério da Saúde, uma Pandemia (epidemia que abrange uma vasta região- ver site da secretaria da saúde) e por ser um vírus que ainda não temos imunidade suficiente para combatê-los, tornou-se um dado mundialmente preocupante neste momento, pois como já é do conhecimento de todos crianças e adolescentes e principalmente os que apresentam problemas respiratórios, estão mais vulneráveis a ela, por isso algumas medidas emergenciais estão sendo tomadas para amenizar o problema.
Uma delas foi à orientação da suspensão das aulas nas redes publicas estaduais e municipais, escolas técnicas, faculdades e universidades até o dia 17 de agosto visto que nestes locais o número de pessoas entre criança, adolescente e adulto varia entre 500 a 5.000, circulando em um mesmo ambiente e em relação às escolas particulares cabem a direção da escola usar o bom senso e verificar se há ou não a necessidade de suspender as aulas.
Analisamos e chegamos à conclusão que a princípio manteremos o inicio das aulas hoje dia 03/08/09, pois não temos um número muito grande de alunos, para considerarmos um espaço de muita aglomeração de pessoas. Queremos deixar claro que em hipótese alguma estamos negligenciando ou indo contra a determinação dos órgãos superiores, pois se fosse uma obrigatoriedade mesmo em pequenos grupos como o nosso, pois trariam sérios riscos à saúde de nossas crianças não ariscaríamos em manter a data do retorno.
Portanto esta decisão, não significa que não estamos dando importância para situação, visto que tomamos algumas medidas de prevenção e orientação a todos os alunos e funcionários, algumas delas já iniciadas desde o dia 28/07, com as crianças que estão frequentando o Curso de Férias;
· Os alunos ao chegarem estão sendo orientados obrigatoriamente a higienizarem as mãos;
· Iniciamos hoje, dia 03/08, com a apresentação de um vídeo de prevenção e orientação para todos os alunos sobre a doença, o material ao qual tivemos acesso, foi fornecido aos funcionários da área de saúde da prefeitura de São Paulo, elaborado pela Secretaria da Saúde;
· Os alunos de ensino fundamental não farão rodízios de sala e sim os professores, portanto, os alunos temporariamente usarão uma única sala e uma única carteira, desta forma facilitará a higienização da sala e dos móveis, que serão higienizados com álcool antes, e após o término das aulas;
· Os bebedouros estarão desativados para evitar o uso coletivo, portanto cada aluno, como já foi orientado anteriormente no início do ano, deverá ter sua garrafinha pessoal de água; (hoje excepcionalmente fornecemos copo descartáveis para quem não trouxe sua garrafa;
· Por favor, lembre-os de trazerem a garrafa (equeeze) pessoal todos os dias.
· Cada sala de aula terá um frasco de álcool gel para desinfetar as mãos quando necessário;
· As salas de aula ficarão com as janelas e portas abertas para evitar ambientes fechados e sem circulação de ar;
· Orientaremos os alunos para a constante higienização das mãos e evitarem muito contato físico com os colegas;
Acreditamos que se seguirmos as orientações básicas, estaremos evitando a propagação, podendo dar continuidade ao nosso trabalho, pois as aulas suspensas terão de ser repostas posteriormente, provavelmente aos sábados, feriados ou se estenderem no mês de dezembro, caso isso seja necessário faremos sem problema, mas se pudermos evitar será melhor para todos.
Pedimos por gentileza manter a escola informada sobre a ocorrência de suspeitas ou casos comprovados da doença, entre parentes ou pessoas próximas, pois por recomendações dos órgãos da saúde devemos informar imediatamente qualquer incidência, para investigação;
Por recomendações médicas não será permitida a permanência do aluno que apresente qualquer sintoma de gripe, mesmo sendo ela comum, pois a pessoa com gripe fica com baixa imunidade o que acaba agravando ainda mais a propagação do vírus;
Sem mais, esperamos que as autoridades da área da saúde encontrem logo uma solução para que esse problema não tome maiores proporções, mas não vamos deixar de fazer a nossa parte.
Estamos atentas a todas as informações em relação à Gripe A e nos comprometemos em repassá-las quando necessárias.
Grata,
A direção.


Segue os principais sintomas para que fiquem atentos a qualquer suspeita relacionada, pois estão associados à gripe comum e que somente os especialistas podem diagnosticar a diferença, portanto, neste momento não deixe passar despercebido achando que não é nada.
Sintomas da gripe A –
Febre alta;
Espirros;
Intensa dor de cabeça;
Cansaço extremo;
Leve dor de garganta;
Tosse seca e contínua;
Muco (catarro) pouco comum;
Dores musculares intensas;
Ardor intenso nos olhos;
Fonte: Organização Mundial de Saúde
CUIDADOS PREVENTIVOS:
Alguns cuidados preventivos podem ser adotados para evitar a contaminação da referida gripe:
· Lavar as mãos freqüentemente com água e sabão (principalmente depois de tossir ou espirrar, depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz, ao chegar em casa).
· Evitar tocar os olhos, boca e nariz após o contato com superfícies.
· Usar lenço de papel descartável.
· Proteger com lenços descartáveis a boca e o nariz ao tossir ou espirrar e em seguida jogar no cesto de lixo.
· Orientar para que o contaminado evite sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até 5 dias após o início dos sintomas).
· Evitar aglomerações em ambiente fechado (devem-se manter os ambientes ventilados).
· É importante que o ambiente doméstico seja arejado e receba luz solar, pois estas medidas ajudam a eliminar os possíveis agentes das infecções respiratórias.
· Manter hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividades físicas.
· Evitar compartilhar talheres, copos, pratos, toalhas e objetos de uso pessoal.
Fonte: Ministério da Saúde. Portal da Saúde: http://portal.saude.gov.br/saude/

sábado, 1 de agosto de 2009

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Pessoal,
A Secretaria do Estado da Educação, por meio da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, CENP, cria este novo espaço, com o objetivo de disponibilizar para os professores - e alunos é claro - informações sobre o Acordo Ortográfico. As novas normas ortográficas previstas no Acordo entraram em vigor em janeiro de 2009. O Acordo prevê um período de transição, em que serão válidas as duas formas de escrever: a antiga e a nova. A implantação será gradual: as novas normas chegarão aos livros escolares em 2010 e serão obrigatórias a partir de 2012.Ainda que este cronograma seja flexível, o debate gerado, principalmente pela mídia brasileira, provocou a necessidade de se agilizar a difusão de informações sobre o que muda na grafia da língua portuguesa, as regras e aplicações, e os desdobramentos políticos, econômicos e sociais nos países que falam o português.
Para acessar a biblioteca virtual do site :
Vale a pena a visita
Beijos
Profª Viviane

Ser cobaia não é bom !



O seu prato de arroz com feijão do dia-a-dia vai virar campo de testes da Bayer, que quer plantar e vender no Brasil o arroz transgênico Liberty Link 62. Resistente ao agrotóxico glufosinato de amônio (fabricado pela própria Bayer), o arroz LL62 não é plantado nem comercializado em lugar algum do mundo. Ele representa um risco à biodiversidade, à saúde humana e aos agricultores que optarem por não plantar transgênico.
Se você quer fazer a diferença acesse:

Florestas do Congo: onde foi parar a revisão legal?

Foto tirada em 29 de Janeiro de 2007
Madjoko, Bandundu (Congo)
Greenpeace tem documentado um aumento do desmatamento no Congo, que tem a segunda maior floresta tropical do planeta, atrás apenas da Amazônia.
O Greenpeace África entregou hoje ao Ministro do Meio Ambiente, Conservação e Turismo da República Democrática do Congo, José Endundo Bononge, uma carta aberta denunciando a falta de transparência no programa de revisão legal dos títulos de propriedade florestal e pedindo esclarecimentos urgentes do governo.
Na reta final do processo, o próprio governo anunciou outro programa para legalizar centenas de títulos que já haviam sidos invalidados pelo Comitê Interministerial durante a revisão. Sete anos de trabalho financiado pela comunidade internacional estão comprometidos. ONGs congolesas encaminharam cartas de protesto, mas nunca foram respondidas.
Os povos da floresta continuam no escuro. Informações básicas como a lista de licenças de corte de árvores, por exemplo, não são disponibilizadas. Às comunidades resta observar a floresta ser destruída, sem saber quais operações são legais e quais não são.
A República Democrática do Congo possui a segunda maior floresta tropical do mundo, superada apenas pela Amazônia. O interesse mundial de proteção às florestas da Bacia do Congo poderia ser uma oportunidade histórica para o país desenvolver e implementar o uso sustentável da floresta e valorizar a biodiversidade e o papel das florestas primárias em esquemas de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal (REDD).
Para colocar em prática projetos de valorização da floresta em pé, é necessária a elaboração de um plano participativo de uso da terra que garanta os direitos dos povos indígenas e das comunidades locais, com transparência e governança local, Para René Ngongo, conselheiro político do Greenpeace África “não é tarde demais para salvar as florestas intactas do Congo e apoiar modelos de desenvolvimento sustentável que beneficiem o povo congolês. Mas a hora de agir é agora.”
Mais de 60% da população do Congo depende direta ou indiretamente das florestas para subsistência. O Greenpeace acredita que é essencial manter intactas as florestas para que o povo congolês se beneficie dos fundos internacionais de proteção às florestas tropicais.
acesso em 01/08/2009

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Milho transgênico está fora de controle. E nós cansamos de avisar...

São Paulo (SP), Brasil — Carta aberta assinada por 86 entidades da sociedade civil é enviada à Casa Civil pedindo a suspensão do plantio em todo o país.
O governo brasileiro não tem cumprido a promessa de controlar os transgênicos no Brasil, principalmente o milho, e por isso o seu plantio deve ser suspenso. Esse é o teor da carta aberta assinada por 86 organizações civis de todo o país, entre elas o Greenpeace, e enviada ao Ministério da Casa Civil. As entidades querem ainda a paralisação de todos os processos de licenciamento de variedades de milho transgênico em andamento na Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio).
A titular da Casa Civil, Dilma Roussef, é presidente do Conselho Nacional de Biossegurança (CNBS) que reúne 11 ministros e é a instância máxima do setor no Brasil, com poderes para revogar decisões da CTNBio.As organizações sociais, ambientais, de pequenos produtores e de consumidores que assinam a carta aberta afirmam que todas as suspeitas de que o milho convencional seria contaminado pelas variedades transgênicas estão se confirmando nesta primeira safra de milho geneticamente modificado.Entre as promessas do governo brasileiro que os representantes da sociedade civil querem ver cumpridas estão a promessa convivência entre os cultivos convencional, orgânico, agroecológico e transgênico. Elas foram feitas pelo presidente Lula na abertura da reunião COP 8, da ONU, em Curitiba (PR).
O bom e o malNa última quarta-feira (17/6), foi aprovado na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados o pedido de audiência pública para discutir monitoramento e contaminação de transgênicos. O requerimento para a audiência foi assinado pelos deputados Paulo Teixeira, Leonardo Monteiro, Dr. Rosinha, e Fernando Marroni. Foram convidados para o debate membros da CTNBio e do Ministério da Agricultura, para falar sobre liberação, fiscalização e contaminação do campo por cultivos transgênicos.Essa foi a boa notícia. A má é que a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da mesma Câmara aprovou também na quarta-feira a proposta que libera o plantio de comercialização e a pesquisa de sementes geneticamente modificadas para serem estéreis - conhecidas como 'terminators'. A medida está no substitutivo ao Projeto de Lei 268/07, do deputado Eduardo Sciarra (DEM/PR).Essas sementes 'terminators' são proibidas pela Lei de Biossegurança devido à falta de estudos sobre a segurança de seu uso no meio ambiente. Mas para o deputado Duarte Nogueira (PSDB/SP), relator da matéria, a proibição aos 'terminators' impede a identificação do "bem ou o mal que novas experiências propõem".O texto aprovado afirma que a tecnologia não poderá ser usada para a alimentação humana e animal, só para a produção de substâncias de uso terapêutica ou industrial.O projeto foi rejeitado em 2007 na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e agora vai para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Caso seja aprovado, terá que ser discutido e votado nos plenários da Câmara e Senado.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

III Seminário Internacional Margem Esquerda

A Boitempo Editorial (www.boitempotempo.com ) tem o prazer de convidar a todos para o III Seminário Internacional Margem Esquerda, que acontecerá de 18 a 28 de agosto. Confira a programação completa.
Local: USP
DIA 18,
14h - O poder da ideologia: Miguel Vedda, Virginia Fontes, Osvaldo Coggiola e Wolfgang Leo Maar;
19h - Trabalho e alienação: Ricardo Antunes, Ruy Braga, Jesus Ranieri e Giovanni Alves;
DIA 19
14h - Marx, Lukács e os intelectuais revolucionários: Emir Sader, Antonino Infranca, Carlos Nelson Coutinho e José Paulo Netto;
19h - Para além do capital -a crise estrutural do capital: François Chesnais, Jorge Beinstein, Leda Paulani e Edmilson Costa;
DIA 20
14h - Para além do capital - lógica destrutiva e questão ambiental: Brett Clark, Carlos Walter Porto-Gonçalves, Mohamed Habbib e Plínio de Arruda Sampaio;
19h - Educação e socialismo: Roberto Leher, Afranio Mendes Catani e Isabel Rauber
DIA 21
14h - Marxismo, lutas sociais e revolução na América Latina: Francisco de Oliveira, Maria Orlanda Pinassi, Gilmar Mauro e Lucio Flávio de Almeida;
19h - A necessária reconstituição da dialética histórica: István Mészáros;
Encerramento: solo de Bach em viola por Susie Mészáros
Local: UNESP-Araraquara
DIA 24
14h - A crise estrutural do capital: Gilmar Mauro, Maria Orlanda Pinassi e Aldo Casas;
Local: UNICAMP
DIA 25
- A crise estrutural do capital: Ricardo Antunes, Álvaro Bianchi, Aldo Casas, Caio Toledo e Plínio de Arruda Sampaio Jr.;
Local: UERJ
DIA 25
- A necessária reconstituição dadialética histórica: István Mészáros; comentários de Emir Sader e Gaudêncio Frigotto;
Local: CUFSA - Fundação Santo André
DIA 26
19h30 - Crise do capital e perspectivas do trabalho: Antonio Rago Filho, Livia Cotrim, Miguel Vedda e Everaldo de Oliveira Andrade;
Local: UFRJ
DIA 261
17h30 - Perspectiva do socialismo hoje: José Paulo Netto, Carlos Nelson Coutinho e Jorge Giordani;
19h40 - Música: solo de Bach em viola por Susie Mészáros;
20h - A necessária reconstituição da dialética histórica: István Mészáros;
Local: UFRGS
DIA 27
19h - A necessária reconstituição da dialética histórica: István Mészáros; comentários de Jorge Giordani e Paulo Vizentini;
DIA 28
15h - Para além do capital e a crise mundial: Jorge Giordani, Carla Ferreira e André Cunha;
19h - Para além do capital, imperialsmo e Estados periféricos: Luiz Dario Ribeiro, Mathias Luce e Cesar Augusto Barcellos;
Local: CEFET-BH
DIA 27
19h - Para além do capital: crise do capital e perspectivas do trabalho: Nicolas Tertulian, Ester Vaissman, Ana Lucia Barbosa Faria e Rodrigo Dantas;
Para maiores informações pelo email seminariomeszaros@boitempoeditorial.com.br

Exposição Museu Afro


Palestra : racismo e democracia


Gripe N1H1: A gripe suína

Com a proximidade da volta as aulas na rede particular de ensino é importante que pais e filhos saibam diferenciar os sintomas da Gripe Influenza e os sintomas da Gripe A.
Importante:
- se estiver gripado não volte as aulas com certeza você vai contaminar os seus colegas, lembrando que o periodo de incubação é de 5 a 10 dias;
- lembre-se de lavar bem as mãos se possivel higienize com alcool em gel;
- se você viajou para alguma das áreas afetadas use máscaras cirúrgicas descartáveis;
- ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável;
- evitar locais com aglomeração de pessoas;
- evitar o contato direto com pessoas doentes;
- não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- evitar tocar olhos, nariz ou boca;
- viajantes procedentes, nos últimos 10 dias, de áreas com casos confirmados de influenza A (H1N1)em humanos e que apresentem febre alta repentina, superior a 38ºC, acompanhada de tosse/ou dores de cabeça, musculares e nas articulações, devem:
• Procurar assistência médica na unidade de saúde mais próxima.
• Informar ao profissional de saúde o seu roteiro de viagem.

Para informações adicionais sobre medidas preventivas estabelecidas pelas autoridades de saúde das áreas afetadas, acesse:
INFLUENZA A (H1N1)
Outras informações:Organização Pan-americana de Saúde (em espanhol)http://new.paho.org/hq/index.php?lang=es
Organização Mundial da Saúde (em inglês)http://www.who.int/csr/disease/swineflu/en/index.html

Campanha Não a Homofobia

Para conscientizar a população sobre a homossexualidade, a campanha “Não homofobia”, iniciativa do Grupo Arco-Íris de Conscientização LGBT, veiculará em algumas emissoras um filme publicitário no qual será mostrado a igualdade entre as pessoas independentemente da orientação sexual.
Produzido pela agência de propaganda Giacometti, o infomercial com duração de 30 segundos será transmitido pelas emissoras AXN, Animax, MTV, TV Cultura e Sony.
O intuito é que a propaganda na televisão ajude a campanha “Não homofobia” a acolher mais assinaturas virtuais para que auxilie na aprovação do PLC 122/06, o qual criminalizará a homofobia no Brasil.
Mas o que é a homofobia?
Homofobia caracteriza o medo e o resultante desprezo pelos homossexuais que alguns indivíduos sentem. Para muitas pessoas é fruto do medo de elas próprias serem homossexuais ou de que os outros pensem que o são. O termo é usado para descrever uma repulsa face às relações afectivas e sexuais entre pessoas do mesmo sexo, um ódio generalizado aos homossexuais e todos os aspectos do preconceito heterossexista e da discriminação anti-homossexual.
O que é o heterossexismo?
O termo "heterossexismo" não é familiar para muitos porque é relativamente recente. Só há relativamente pouco tempo é que tem sido utilizado, juntamente com "sexismo" e "racismo", para nomear uma opressão paralela, que suprime os direitos das lésbicas, gays e bissexuais. Heterossexismo descreve uma atitude mental que primeiro categoriza para depois injustamente etiquetar como inferior todo um conjunto de cidadãos. Numa sociedade heterossexista, a heterossexualidade é tida como normal e todas as pessoas são consideradas heterossexuais, salvo prova em contrário. A heterossexualidade é tida como "natural", quer em termos de estar próxima do comportamento animal, quer em termos de ser algo inato, instintivo e que não necessita de ser ensinado ou aprendido.
Quando seres humanos dizem que algo é "natural", em oposição a um comportamento "adquirido" através de um processo de aprendizagem, geralmente querem dizer que não é possível desafiá-lo nem mudá-lo e que seria até mesmo perigoso tentar fazê-lo. No passado, dominava a ideia de que os homens eram "naturalmente" melhores nas ciências e no desporto e líderes natos, mas as mulheres tiveram a oportunidade de desafiar estas ideias e de mostrar o homem e a mulher numa perspectiva completamente diferente. Este desafio foi facilmente perpetuado assim que se começou a evidenciar que os homens são empurrados para posições de vantagem por uma sociedade que está estruturada para os beneficiar, um processo (a opressão das mulheres) mais tarde denominado de sexismo. Do mesmo modo, tem-se tornado evidente que a heterossexualidade, tal como a dita superioridade masculina, é tão natural, como adquirida. O facto de a maioria dos homens e mulheres a escolherem como a sua forma preferida de sexualidade tem por vezes mais a ver com persuasão, coerção e a ameaça de ostracização do que com a sua superioridade como forma de sexualidade.
O heterossexismo está institucionalizado nas nossas leis, orgãos de comunicação social, religiões e línguas. Tentativas de impôr a heterossexualidade como superior ou como única forma de sexualidade são uma violação dos direitos humanos, tal como o racismo e o sexismo, e devem ser desafiadas com igual determinação.
Mais informações:
Crime contra o bailarino Igor Xavier
Sexualidade humana
Reportagem sobre o lançamento da campanha TV Fama:

Campanha publicitária:

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Dica de Livro: Flor do Deserto



Recebi um email maravilhoso da minha amiga Magda que após ler este livro decidiu fazer algo em pró da mudança no mundo em que vivemos. Esse livro mexeu em cheio com o seu brio de ser humano: o que podemos fazer para mudar esse mundo cão em que vivemos?
O livro é um emocionante relato de Waris Dirie, modelo de projeção internacional e atualmente embaixadora especial da ONU na luta pela erradicação da mutilação genital feminina. Nascida numa família nômade no deserto da Somália, foi mutilada como muitas outras de sua tribo. Fugindo de um casamento não-desejado, atravessa a pé o deserto africano até chegar à capital, Mogadíscio, e daí para Londres. De empregada doméstica ao mundo das passarelas, a trajetória de Waris poderia ser a mesma de tantas outras modelos, não fosse a causa que passou a representar.
Editora: Hedra
Autor: WARIS DIRIE & CATHLEEN MILLER
Este é o email que a Magda escreveu (Obrigada por compartilhar comigo esse momento)
Amigos, parentes, colegas, conhecidos e queridos em geral...
gostaria de passar adiante algo que tomei consciência neste final de semana. Peço que se esforcem para ler até o final, senão terá sido em vão esse e-mail. Acabei de ler o livro "Flor do Deserto" que conta a história da Waris Dirie, uma ex modelo que nasceu na Somália e, como a maioria das mulheres de lá, teve sua vagina mutilada na infância. Ela fugiu na adolescência e hoje faz campanha pela erradicação dessa prática.
Bom, muitos de vocês já devem ter ouvido falar dela... mas talvez não conheçam a história a fundo. Eu tinha ouvido falar mas achava que fosse algo restrito a algumas tribos e não tinha noção de quão absurdo é o processo. Simplesmente, a sangue frio, sem condições de higiene e anestesia, pegam um obejeto cortante qualquer (lâminas velhas, pedaço de vidro) e cortam a vagina da garota (geralmente entre 5 e 10 anos de idade). Tiram o clítoris, os pequenos lábios e parte dos grandes lábios. Ou seja, "decepam" a vagina da menina. Em seguida, fazem furos (com espinhos ou o que tiverem de perfurante à mão) e costuram a vagina. Deixam um buraco do tamanho de um palito para que a urina e o resíduo menstrual possam, literalmente, pingar.A recuperação, obviamente, é tão brutal quanto a "operação" em si. Amarram as pernas da garota e a deixam se recuperar naturalmente. Afinal, em países como Somália e Etiópia onde se toma água à cada dois dias, remédios são um luxo que a maioria morre sem saber que existe.É claro que muitas dessas garotas morrem com gangrena, infecções e hemorragias. As que sobrevivem sofrem sérias conseqüências. Suas cólicas menstruais são mais fortes, muitas desenvolvem tumores porque o resíduo menstrual acaba se acumulando dentro delas e isso, sem falar que nunca sentirão prazeres sexuais.
Não se sabe bem a origem desse costume, mas sabe-se que muitos acreditam que somente assim manterão a castidade de suas filhas e a fidelidade de suas esposas. Como as mães passam por isso e os pais foram educados assim, acabam passando adiante a prática em suas filhas. Segundo a ONU, cerca de 2 milhões de meninas por ano passam por isso.
Quando elas se casam, o marido arrebenta a vagina da coitada no ato sexual ou, para facilitar, abre com uma faca. Depois que elas tem um filho, são costuradas novamente para que o marido possa receber sua mulher "fechadinha" de novo. E elas nem imaginam que isso não ocorre com o resto das mulheres no mundo. Para elas é normal. E, as que não são mutiladas, são consideradas sujas pelos outros homens e sem valor.
Como mulher, e ser humano, fiquei tocada ao ler isso. Ganhei o livro na sexta à noite de uma amiga e sábado à noite já havia terminado. Sei que existem muitas injustiças no mundo e tudo o mais. Mas, muitas delas estão enraizadas em problemas muuuito mais complexos. Não há o que eu possa fazer, por exemplo, para acabar com a fome. Não tenho como mudar o sistema.Porém, há algo que eu e todos vocês podemos fazer para ajudar com esse problema da mutilação feminina.
Em muitos países essa prática foi praticamente extinta com a atitude mais óbvia de todas: consicentização. Com o apoio do governo e Ongs, educaram e conscientizaram as pessoas do porque não se fazer isso e que não há valor cultural no mundo que justifique isso.
No final do livro há uma mensagem pedindo ao leitor que envie uma carta para os governos dos principais países onde esta prática ocorre. Já colocaram a carta em inglês e deram os endereços dos governos. Então, além de recomendar o livro a vocês, gostaria de pedir que imprimissem a carta que estou enviando anexada a este e-mail e enviassem para os endereços que colocarei logo mais abaixo.O que eles mais esperam do ocidente é que façamos pressão para que os governos deles promovam e mantenham campanhas educativas para acabar com a mutilação feminina. Pois, por incrível que pareça, ao invés de diminuir, a quantidade de garotas mutiladas tem aumentado. Pois os africanos que migram para a Europa e América, levam essa prática com eles. Chegam a juntar dinheiro em comunidades de imigrantes para pagar as passagens das "ciganas" que fazem o procedimento.
Engraçado que na sexta, quando ia ao encontro dessa amiga que me presenteou com o livro, vi dois garotinhos no metrô pedindo esmola. Os dois estavam até que bem vestidos. Eram dois irmãos aparentemente, um de uns 4 anos e o outro de uns 6 ou 7. O menorzinho andava choramingando e o mais velho tinha um olhar muito triste que não saiu da minha cabeça o fds inteiro. Então o mais velho parou do lado do mais novo e botou a mão no ombro dele e ele "quero ir pra casa". Aí o mais velho pegou na mão do mais novo, disse alguma coisa e desceram... Me cortou o coração, mas eu pensei "Meu Deus! O que eu poderia fazer por eles? Dar r$1,00? Levar pra minha casa? É tão complexo...." Aí li o livro e vi que pelo menos essa atrocidade, a da mutilação, era passível de erradicação apenas com a colaboração de cada um. Não precisa dar dinheiro, mudar sistemas políticos nem sair de casa sem ser para ir ao correio.
Espero que vocês possam enviar as cartas e também passar a mensagem adiante! Acredito que, assim como "de zoeira" um por um votou no Clodovil e no Enéias e eles foram eleitos, um por um pode mandar uma carta e fazer a diferença.
Seguem os endereços baixo e a carta anexada com a mensagem. Se souberem de mais endereços para enviar, fiquem a vontade!
Beijos e obrigada!
Etiópia
His Excellency, Prime Minister
Office of the Prime Minister
PO Box 1031 Addis Abeba Etiópia

Egito
His Excellency,President of the Arab Republic of Egypt
Abedine Palace, Cairo Egypt
Sudão
His Excellency,President of the Arab Republic of SudanPeople's Palace
PO Box 281 Khantorum Sudan
Quênia
President Of KenyaHarambee House Harambee Avenue
PO Box 30510
Nairobi Kenya
Somália
His Excellency, the Prime Minister
Office of the Prime Minister The Presidency
Mogadishu Somalia
Para enviar a carta ela deve estar em inglês, para quem tem dificuldades segue o modelo:

Dear Sir,
I am writing you about a serious violation of human rights and physical integrity, that of female circumcision, an act which consists of the forced mutilation of the female genitals. In addition to the searing pain of mutilation and desfigurement, women who have undergone mutilation carry within them various other physical and psychological health problems.
I therefore ask for your cooperation in the eradication of female genital mutilation. I hope your government will collaborate to this end through political and education efforts. I know we can count on you to meet your obligations on basic questions of human well being.
Sincerely,

terça-feira, 21 de julho de 2009

Brasil se prepara para devolver lixo inglês e multa empresas

21/07/2009 - 12h11
da Reuters, em São Paulo

O Brasil vai enviar de volta à Inglaterra 89 contêineres de navio repletos de lixo, putrefato e infestado por larvas, e aplicou multas no valor de cerca de R$ 800 mil a três empresas brasileiras que o importaram, anunciou o governo na segunda-feira (20).
Cerca de 1.600 toneladas de dejetos, incluindo banheiros químicos, fraldas sujas, seringas, camisinhas e TVs e computadores velhos, estão em contêineres nos portos de Rio Grande (RS) e Santos (SP), depois de serem enviados desde a Grã-Bretanha com a declaração falsa de que seriam um carregamento de plásticos.
O Brasil multou as três companhias que importaram o lixo --a Stefenon Estratégia e Marketing, a Bes Assessoria e Comércio Exterior e a Alphatec--, informou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), dizendo ainda que as empresas terão que pagar pelo transporte do lixo de volta à Inglaterra.
"Se não enviarem o lixo de volta, serão multadas [em um valor diário] até isso se resolver", disse Ingrid Oberg, chefe regional do Ibama em Santos. A multa diária será somada às multas fixas que o governo já aplicou às empresas.
Alguns dos contêineres cheios de lixo estão atracados nos portos desde novembro.
Houve confusão em relação a quem pagará a conta pela devolução do lixo.
A Agência do Meio Ambiente britânica disse, na segunda-feira, que a empresa que exportou o lixo ao Brasil também terá que repatriá-lo às suas próprias custas.
Ingrid Oberg disse que as empresas brasileiras, sediadas no Rio Grande do Sul, mostraram disposição em cooperar.
As empresas, que disseram estar esperando carregamentos de plástico, poderão contestar as multas se conseguirem provar que não tinham conhecimento de estarem importando lixo potencialmente prejudicial ao ambiente e à saúde pública.
As autoridades britânicas também estão investigando como o lixo acabou sendo exportado.

O dia em que o Dorival encarou a guarda

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Data Histórica: 40 anos da chegada do homem a Lua

Em 20 de julho de 1969, exatamente às 23 horas, 56 minutos e 20 segundos de Brasília, o astronauta americano Neil Armstrong, 38 anos, entrava para a história como o primeiro homem a pisar na Lua e avistar a Terra de lá.
A bordo da nave Apolo XI, ele, Edwin Aldrin, conhecido como "Buzz" (zumbido) e Michael Collins cumpriram a missão de alunissar (aterrisar na Lua) após levantarem vôo em 16 de julho do mesmo ano. Como comandante da Apolo XI, Armstrong pilotou o módulo lunar com Aldrin, enquanto Collins permaneceu no outro módulo em órbita lunar. Por quase duras horas e meia, os dois coletaram amostras do solo lunar, fizeram experimentos e tiraram fotografias.
O mundo inteiro permaneceu em alerta naquele dia. Nada menos que 850 jornalistas de 55 países registraram o acontecimento. E estima-se que cerca de 1,2 bilhão de pessoas testemunhavam via satélite a alunissagem, considerada impossível tempos atrás. Muitos, inclusive, ainda duvidam de que tal fato tenha realmente acontecido, mesmo com tantas outras missões tripuladas que se lançaram no espaço, após Armstrong ter colocado seu pé esquerdo, coberto pela bota azul, no chão fino e poroso do solo lunar.
"Este é um pequeno passo para o homem, um gigantesco salto para a humanidade" ("That's one small step for man, one giant leap for mankind"), frase dita pelo astronauta, ouvida no mundo inteiro.
Porém hoje algumas evidências baseadas em informações tecnicas e cientificas colocam em xeque se o homem relamente esteve na Lua.
No site : http://www.afraudedoseculo.com.br/ o autor do texto André Basilio expõe os fatos usando as imagens fornecidas pela Nasa.
Vale a pena a visita e fica a pergunta:
Será que o homem realmente pisou na Lua em 20 de julho de 1969???

O Brasil vai devolver lixo exportado pela Inglaterra, afirma governo

20/07/2009 - 17h49

CHRISTIAN BAINES
colaboração para a Folha Online

O ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, afirmou nesta segunda-feira, após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o Brasil vai devolver os contêineres de lixo vindos da Inglaterra. "Não tem nenhum cabimento nós estarmos recebendo qualquer tipo de lixo", disse.

Brito também pediu maior fiscalização dos portos internacionais e disse que a Receita Federal e Polícia Federal já adotaram medidas para evitar novos casos de transporte ilegal de lixo.

Na última sexta-feira, 25 contêineres com lixo doméstico foram encontrados pela alfândega no Porto de Santos. No começo do mês, já haviam sido interceptados outras 26 cargas com mesmo tipo de material. No total, o lixo acumulado no porto de Santos pesa cerca de 680 toneladas.

Dois portos do estado do Rio Grande do Sul também receberam despejo de lixo da Inglaterra. No porto de Rio Grande, há 40 contêineres e no porto seco da Serra Gaúcha, em Caxias do Sul, mais oito. Essas cargas totalizam cerca de 890 toneladas.

A agência britânica de Meio Ambiente anunciou ontem que mais de 1.400 toneladas de lixo exportadas ilegalmente para o Brasil serão levadas de volta. Segundo a agência, Londres e Brasília negociam a repatriação desse material.

"As autoridades brasileiras continuam retendo o lixo", disse uma responsável da agência, Liz Parks, à BBC. "Mas elas devem autorizar rapidamente sua repatriação, que pode levar semanas", informou.

Com agências internacionais

Comentário pessoal : Já não basta os problemas que nós temos por aqui???